Mercado de deputados

1

Nem reforma da Previdência, nem intervenção no Rio de Janeiro. Os corredores, gabinetes e salões do Congresso Nacional abrigaram nos últimos dias um intenso mercado de deputados federais com ofertas bancadas pelos cofres públicos. “Não tem ideologia, é tudo dinheiro. “Nunca houve uma negociação tão explícita. Tem uma turma aí que joga pesado”. As declarações de parlamentares de três partidos são algumas das várias gravadas em conversas, na semana que passou, com 56 deputados de 19 legendas. A exemplo da janela de transferência de jogadores de futebol, o “passe” na Câmara vem sendo negociado por valores que variam de R$ 1 milhão a R$ 2,5 milhões.

PCC sem dó

A polícia acredita que a cúpula do Primeiro Comando da Capital (PCC) ordenou o assassinato de todos os participantes da execução de Rogério Jeremias de Simone, de 41 anos, e Fabiano Alves de Souza, de 38 anos. A queima de arquivo já teria atingido três dos executores de Gegê e Paca. Dois outros estariam condenados à morte pela facção.

O primeiro a ser assassinado foi Wagner Ferreira da Silva, de 32 anos, o Waguininho ou Cabelo Duro. Ele foi morto a tiros de fuzis de calibre 5,56 mm e 7,62 mm por dois homens que vestiam coletes à prova de bala e balaclavas. Cabelo Duro foi alvejado depois de descer de um HB-20 na frente de um hotel na zona leste de São Paulo.

Além dele, a inteligência da polícia obteve informações de que o PCC executou também André Oliveira Macedo, o André do Rap. Um dos principais aliados de Cabelo Duro, que era o chefe da facção na Baixada Santista, André do Rap era o operador do embarque de cocaína para a Europa no Porto de Santos. A polícia também recebeu a informação de que o terceiro morto é um bandido conhecido como Nado.

Ladrão

Preso preventivamente nessa sexta-feira (23) na Operação Jabubi, nova fase da Operação Lava-Jato no Rio, o presidente da Fecomércio-RJ, Orlando Diniz, experimentou uma evolução patrimonial expressiva, como constatou a Receita Federal. Em um período de sete anos, entre 2007 e 2014, os valores declarados por ele subiram de aproximadamente R$ 497 mil para mais de R$ 5,3 milhões, um aumento de mais de 1.000%.

Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que tem sido encorajado por Michel Temer para concorrer à Presidência da República, em outubro. Ele deu detalhes das conversas que vem mantendo com o presidente em entrevista ao programa da jornalista Mariana Godoy.

“Em todas as conversas que temos tido, ele tem me incentivado muito a ser candidato, dado sugestões, etc. Ele tem manifestado, inclusive, muito entusiasmo, e me encorajado, dando muito força, dizendo: ‘acho importante, vá em frente’. (…) Só vou definir se serei candidato em abril”, afirmou.

Flamengo na Rede

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, acertou com a presidenciável Marina Silva seu ingresso na Rede. No almoço que selou a filiação, na última sexta-feira, estava também o pré-candidato ao governo Miro Teixeira. Bandeira ficou de definir a que vai se candidatar. Todas as opções estão em aberto, mas o mais provável é que tente uma cadeira de deputado estadual ou federal.