Curtas de domingo – 2 de junho

58

Entorno do Córrego do Tanquinho passa por limpeza
Após verificar a falta de limpeza e poda da área de reserva ambiental no entorno do Córrego do Tanquinho, o vereador Paulo Landim (PT) solicitou, no início do mês, providências à Prefeitura e ao Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae). Nessa quinta-feira (30), o parlamentar acompanhou o andamento dos serviços realizados no local pelos órgãos do Executivo.
A área verde estava repleta de lixo e entulho, descartados de forma irregular, propiciando criadouros do mosquito da dengue. Além disso, segundo moradores, o mato alto e a falta de poda das árvores atrapalham a visão de condutores de veículos e facilitam práticas criminosas.

Moradores da regional 6 do OP se reúnem na Vila Xavier
A Secretaria Municipal de Planejamento e Participação Popular realiza, na noite desta segunda-feira (3), plenária da regional 6 do Orçamento Participativo. A regional reúne moradores da Vila Xavier, Jardim Paulistano, Europa, Floridiana, Tabapuã, Freitas, Brasília, Jardim Brasil, Santa Júlia, América e Gramado. No ano passado, a regional 6 elegeu como prioridade para este ano a reforma e ampliação do CER Adelina Leite Amaral, cujo investimento gira em torno de R$ 300 mil.
Local: Salão de Festas da Paróquia Santo Antônio – Vila Xavier

Explanação mostra avanço no projeto do ‘Parque dos Trilhos’
Nesta semana, a Comissão Especial de Estudos (CEE) do Parque dos Trilhos – composta pelo presidente Elias Chediek (MDB) e os vereadores Jéferson Yashuda (PSDB) e José Carlos Porsani (PSDB) –, esteve em reunião para verificar como está o andamento do projeto.
No encontro, Chediek apresentou o estudo digitalizado de possíveis trajetos do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), vias que vão conectar diversos bairros da cidade, modificações necessárias na mobilidade urbana, como ampliações e alterações de sentidos de ruas, sistema de retenção de águas pluviais e ciclovias. Além disso, o parlamentar frisou, por meio de gráficos, mapas e imagens, a necessidade e a viabilidade da implantação do VLT no munícipio.
Para José Leomar Fernandes Júnior, professor do departamento de Engenharia de Transporte da USP de São Carlos, trata-se de um projeto desafiador. “Há desafios em todos os níveis, no âmbito da engenharia e da arquitetura. É uma área nobre, que tem o potencial de mudar a cidade. Então, é necessário realizar esse planejamento, visando a compatibilizar vários segmentos, como esporte e lazer”, pontuou.
Elias Chediek demonstrou satisfação com a explanação e ressaltou que outros encontros devem acontecer. “Hoje, tivemos a oportunidade de apresentar o quanto avançamos e convidar outras pessoas a fazerem parte desta ideia, que só trará benefícios para a cidade. Não podemos deixar esse projeto morrer”, finalizou.