Apae sem verbas públicas há 5 meses

1

O Centro Dia de Referência para Pessoa com Deficiência, na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), vencedor do Orçamento Participativo de 2017, foi inaugurado em abril deste ano e acolhe pessoas de 18 a 59 anos que passam 10 horas do dia sendo atendidos por profissionais especializados e fazendo oficinas de habilidades (básica e social) e de relações. O espaço conta com19 profissionais, entre coordenador geral, assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional, cuidadores e profissionais para funções administrativas, de limpeza e cozinha. A assistente social trabalha com a família do deficiente, ouvindo as dificuldades e auxiliando parentes a lidarem com as condições limitadas de seus entes.

Apesar do importante trabalho prestado à sociedade araraquarense, as responsáveis pelo Centro relataram ao vereador Gerson da Farmácia (MDB), que esteve no local essa semana, que as verbas públicas ainda não foram recebidas e, portanto, tiveram que fazer vários empréstimos para pagar os funcionários e comprar os materiais necessários no dia a dia.

“O trabalho prestado pela Apae é essencial para o desenvolvimento dessas pessoas, e para que elas se sintam parte da sociedade. Em relação à verba, irei cobrar junto ao Executivo para que isso seja resolvido”, destacou o vereador.