Agentes flagram anotações na perna de visitante e apreendem droga sintética

151

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que, no último final de semana (dias 16 e 17), agentes de segurança flagraram visitantes tentando entrar com entorpecentes em presídios abrangidos pela Coordenadoria da Região Noroeste (CRN). Em uma das ocorrências, mulher foi descoberta com anotações suspeitas na perna. Em outro caso, funcionários apreenderam maconha, cocaína e droga sintética conhecida como k4.  

Em todos os flagrantes, a Polícia Militar (PM) foi acionada para registrar boletim de ocorrência. Também foi aberto procedimento interno para apurar o envolvimento dos presos que receberiam os materiais ilícitos nas unidades prisionais.

Vale destacar que, mesmo com a ampla divulgação na mídia das crescentes apreensões em todo Estado de São Paulo, visitantes seguem tentando burlar as revistas, sem sucesso, graças à perícia de agentes penitenciários aliada à tecnologia dos scanners corporais.

CPP II ‘Dr. Eduardo de Oliveira Vianna’ de Bauru

Uma mulher foi flagrada pelo escâner corporal do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) II “Dr. Eduardo de Oliveira Vianna” de Bauru com porções de maconha e cocaína escondidas em sua vagina.

A apreensão ocorreu por volta das 9h30 de domingo, dia 17.  Inicialmente, a visitante negou qualquer irregularidade e, portanto, foi encaminhada ao pronto-socorro da cidade para realização de exames.

Na unidade hospitalar, ela confessou que escondia drogas em sua genitália e que entregaria o entorpecente ao companheiro preso.  

A mulher foi levada ao Plantão Policial e presa em flagrante. Ela seria submetida à audiência de custódia.

Penitenciária de Franca  

Um homem que visitaria o irmão preso na Penitenciária de Franca foi flagrado pelo escâner corporal com maconha escondida no cós da calça, por volta das 12h de domingo, dia 17.  

Inicialmente, o visitante negou qualquer irregularidade. Entretanto, após revista em suas vestes, funcionários localizaram um cordão plástico transparente, de cerca de 80 centímetros, contendo a droga.

Em seguida, o rapaz foi levado à delegacia da cidade para o registro de um boletim de ocorrência.  

Penitenciária ‘Osiris Souza e Silva’ de Getulina

Uma mulher foi flagrada pelo escâner corporal da Penitenciária “Osiris Souza e Silva” de Getulina com anotações em sua perna, durante procedimento de revista realizado na manhã de sábado, dia 16.  

Por conta da suspeita, a visitante foi encaminha ao hospital para realização de exames. A avaliação médica comprovou que havia um “bilhete” escrito à caneta em sua perna esquerda.

Ao retornar à unidade prisional, a mulher tentou apagar as anotações com a intenção de entrar na penitenciária, porém, foi impedida de realizar a visita ao amigo preso.

Penitenciária de Taquarituba    

Uma mulher foi flagrada tentando entrar na Penitenciária de Taquarituba com porções de maconha, cocaína e droga sintética conhecida como k4 escondidas em sua vagina.  

O flagrante se deu por volta das 11h40 de domingo, dia 17, durante procedimento de revista pelo escâner corporal.  

Questionada, a visitante negou qualquer irregularidade e, portanto, precisou ser encaminhada à Santa Casa da cidade para a realização de exames, que comprovaram a suspeita.

Em seguida, a mulher foi levada à delegacia e presa em flagrante. Ela seria submetida à audiência de custódia.

Em todos os casos registrados, as unidades prisionais também instauraram Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam as drogas.

A SAP informa que pessoas flagradas tentando entrar com objetos ilícitos em presídios são automaticamente suspensas do rol de visitas.