Unidade de Saúde do Monte Alegre realiza Terapia Comunitária

39

Com foco na promoção à saúde mental, a equipe da Unidade de Saúde da Família “Dirce Ragassi Cândido”, do assentamento 3 do Monte Alegre, realizou nessa terça-feira (24) atividade aberta de Terapia Comunitária.

Ao todo, 31 mulheres dos assentamentos 3 e 6 participaram da roda de conversa, organizada pela enfermeira responsável pela unidade, Andreia Serrano Cayres Rapatão.

“Trata-se de uma prática integrativa e complementar oferecida pelo Sistema único de Saúde (SUS) e também inserida nas ações do ‘Setembro Amarelo’ na prevenção ao suicídio”, relatou Andreia.

A coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Rita de Cássia Ferreira, orientou as participantes sobre os serviços do Centro de Referência da Mulher e da Casa Abrigo e colocou os equipamentos da Prefeitura à disposição, inclusive com atendimento pessoal no próprio assentamento.

“As mulheres precisam ser ouvidas e o Centro de Referência quer escutá-las para fortalecer os vínculos da família”, afirmou Rita.

Liberdade
A assentada Zilda Pereira Nunes, de 68 anos, há 20 anos no Monte Alegre, conta que participou de outras terapias mas essa foi a melhor de todas. “Tem hora que a gente precisa desabafar e essa terapia liberta o espírito. Gostei muito e quero participar mais vezes”, disse Zilda durante a confraternização.

A atividade também integra mais as mulheres na visão da jovem Aline Cristina Barros, de 27 anos, que está no Monte Alegre há 4 anos. “A roda de conversa foi ótima e fortalece a amizade e a união de todas”, afirmou.

Atendimento
A unidade do Monte Alegre tem 420 famílias cadastradas e atende de segunda-feira a sexta-feira das 7h30 às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3335-3320.