Os nutrientes que devemos consumir para prevenir e tratar o envelhecimento

99

A alimenta√ß√£o influencia em v√°rios processos metab√≥licos do organismo humano e tamb√©m √© respons√°vel pela nutri√ß√£o das c√©lulas. √Č por esse motivo que alimentos ultraprocessados e com aditivos qu√≠micos podem causar inflama√ß√£o nas c√©lulas. Al√©m de doen√ßas, uma dieta baseada em industrializados e ‚Äúcalorias vazias‚ÄĚ pode acelerar o envelhecimento da pele.

¬†‚ÄúMas uma alimenta√ß√£o variada, equilibrada e saud√°vel pode fornecer prote√≠nas, antioxidantes e agentes anti-inflamat√≥rios importantes para retardar o envelhecimento precoce‚ÄĚ, afirma a dermatologista Dra. Claudia Mar√ßal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. Para ajudar no combate ao envelhecimento precoce, a especialista apontou quais nutrientes incluir em sua dieta em cada etapa da vida.

Confira:

20 anos ‚Äď Nessa idade, os sinais de envelhecimento ainda est√£o pouco vis√≠veis. Por isso, o foco deve ser a preven√ß√£o. Ent√£o procure por alimentos ricos em antioxidantes, como as vitaminas C e E, licopeno e betacaroteno, para ajudar a combater e prevenir a forma√ß√£o de radicais livres que favorecem o envelhecimento precoce. Boas fontes desses nutrientes s√£o alimentos como milho, avel√£, papaia, tomate, cenoura e morango. ‚ÄúO consumo de Vitamina A, presente em alimentos como espinafre, nabo e br√≥colis, tamb√©m √© interessante nessa idade, pois o nutriente est√° diretamente envolvido no processo de regenera√ß√£o celular. Em conjunto, a vitamina A e os antioxidantes ajudam a diminuir o ressecamento e a perda de elasticidade da pele, tornando-a mais macia, hidratada e vi√ßosa‚ÄĚ, destaca a m√©dica.

A partir da terceira d√©cada de vida come√ßa a ocorrer a perda das fibras de col√°geno e elastina. Al√©m disso, as c√©lulas da pele passam a se renovar mais lentamente. Como resultado h√° o aparecimento de sinais mais acentuados do envelhecimento. ‚ÄúPor isso, o ideal nessa fase √© investir em uma alimenta√ß√£o rica em nutrientes de a√ß√£o anti-inflamat√≥ria, antioxidantes e tamb√©m subst√Ęncias fitoqu√≠micas, como isoflavona e polifen√≥is, que ajudam a combater o estresse oxidativo. Dessa forma, procure por alimentos como peixes, oleaginosas, ch√°s de ervas, cebola, cereja, ma√ß√£ e alho‚ÄĚ, recomenda a especialista. O destaque nesse caso vai para uva, que age como um alimento 3 em 1, combinando propriedades anti-inflamat√≥rias, antioxidantes e fitoqu√≠micas.

40 anos ou mais

Nessa idade, as fibras de col√°geno e elastina degradam-se mais rapidamente, resultando em flacidez e rugas mais acentuadas. A solu√ß√£o para minimizar essas altera√ß√Ķes √©, novamente, o consumo de nutrientes antioxidantes, que, al√©m de combaterem o estresse oxidativo e a forma√ß√£o de radicais livres, tamb√©m diminuem a perda de √°gua e os danos causados pelo sol. O consumo do √īmega-3 presente na linha√ßa, no salm√£o, no atum e na soja tamb√©m √© interessante nessa idade, pois possui efeito anti-inflamat√≥rio e confere um aspecto saud√°vel a pele. ‚ÄúO ch√° verde √© outra boa op√ß√£o para ser inclu√≠da na sua alimenta√ß√£o, pois diminui a resposta inflamat√≥ria causada pela radia√ß√£o ultravioleta. Por√©m, √© importante que voc√™ evite consumir caf√©, √°lcool e alimentos ricos em s√≥dio, pois s√£o subst√Ęncias que promovem a inflama√ß√£o e a desidrata√ß√£o dos tecidos‚ÄĚ, alerta a dermatologista.

Por fim, a Dra. Claudia Marçal ressalta que o mais importante para manter jovem e saudável é que você consulte um médico. Apenas ele poderá recomendar cosméticos, tratamentos e uma alimentação específica para auxiliar no combate ao envelhecimento da pele.