Na Greve Mundial pelo Clima, 202 mudas são distribuídas na Praça Santa Cruz

1

“Plante árvores, plante chuvas. Plante um ar puro para respirar, plante água limpa para beber, plante um solo fértil para comer, plante biodiversidade. Que loucura seria se todos plantassem árvores.” Essa foi a frase, de autoria da bióloga Gabrielle Nunes, lida por quem pegou uma das 202 mudas distribuídas gratuitamente na Praça Santa Cruz durante a tarde de sexta-feira (20).

Intitulada “Greve Mundial pelo Clima”, a ação de conscientização partiu do mandato da vereadora Thainara Faria (PT), que auxiliou na confecção de diversos cartazes e conversou com as pessoas sobre a importância do meio ambiente e ações conscientes para que hábitos que prejudicam o ecossistema sejam mudados. “Incentivamos o plantio de árvores com a distribuição dessa quantia de mudas, em referência aos 202 anos da cidade de Araraquara”, explicou a parlamentar, lembrando que as mudas eram de árvores nativas do Cerrado. “Estima-se que o Brasil tenha que plantar 50 milhões de hectares de árvores para reduzir os impactos do desmatamento”, completou.

Segundo Gabrielle, “a Greve Mundial pelo Clima é uma mobilização que acontece para conscientizar sobre os impactos do desmatamento da Amazônia e a situação do clima que atinge todos nós. O regime de chuva, a umidade, a qualidade do ar, entre outras questões urgentes. Precisamos nos mobilizar nesta década para minimamente mitigar as consequências do aquecimento global”.