Jardim das Hortênsias recebe ação conjunta contra descarte irregular

49

Mais uma operação da Secretaria Municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, em parceria com o Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae), as equipes de Controle de Vetores, a Guarda Municipal, os Agentes de Trânsito e a Polícia Militar, foi realizada nessa quinta-feira (14), no Jardim das Hortênsias, na Rua Synésio Wyss Barreto.

Cerca de 270 pessoas que passavam pelo local foram orientadas sobre os cuidados necessários para combater a dengue e também sobre o descarte irregular de resíduos sólidos e os riscos que ele pode trazer para sociedade.

A operação, que vem sendo realizada desde o ano passado, integra o Plano de Combate à Dengue 2020, lançado no último sábado (9), com uma série de ações estratégicas, pactuadas e coordenadas intersetorialmente para o enfrentamento das arboviroses (dengue, febre chikungunya, infecção pelo zika vírus e febre amarela) e acompanhamento dos índices de infestação do Aedes aegypti.

Com o slogan “Todos juntos, todo dia, contra a dengue”, o plano envolve diversas ações do poder público, apoio dos grupos de comunicação de Araraquara e a colaboração da sociedade civil. Entre ações está previsto a distribuição de calendários de ações mensais, semanais e diárias, com tarefas necessárias para o combate à dengue. Durante a operação dessa quinta-feira, foram distribuídos 270 calendários para população abordada.

O coordenador da Guarda Civil Municipal, tenente da reserva Eudes Silva, ressalta que o objetivo é orientar toda a população. “Estamos parando veículos comuns, de familiares, coletivos e orientado o que deve ser feito em relação ao descarte de resíduos sólidos, quais os cuidados necessários na rotina de combate à dengue e também como fazer denúncias”, detalha, acrescentando que as áreas degradadas pelo descarte irregular tornam-se potenciais criadouros do Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue, e abrigo de animais peçonhentos.

Durante a operação os proprietários de veículos com carretas, caçambas, furgões e baú são orientados sobre a legislação e os locais adequados para o descarte. Ao todo, 135 veículos foram vistoriados, entre motocicletas, utilitários, reboques (carretinhas), caminhões, sendo 6 coletivos. Houve distribuição de 300 panfletos de orientação ambiental do Daae e de 540 panfletos de orientação de transmissão de vetores. A operação resultou ainda em 5 infrações municipais de trânsito.