Horário de fechamento de portões gera reclamações em concurso da FunGota

35

A realização do concurso público da FunGota nesse domingo (20) gerou várias reclamações de candidatos que não conseguiram entrar nas escolas para fazerem as provas. Muitos deles alegaram que os portões de três escolas foram fechados antes do horário previsto no edital.

Depois de não conseguirem entrar para realizarem a prova, alguns candidatos foram até a Delegacia de Plantão e registraram um boletim de ocorrência. Eles fariam as provas na EMEF Waldemar Saffioti e na EMEF Rafael de Medina, que tiveram os portões fechados antes das 7h30. Já no período da tarde, as reclamações foram no EEBA.

Além de fazerem o BO, alguns candidatos alegaram que vão recorrer na justiça para que o concurso seja suspenso, para que eles possam participar.

FunGota

De acordo com a FunGota, o que houve foi uma confusão entre o horário de início das provas, tanto no período da manhã como da tarde, mas que os editais eram claros onde constava a informação que pela manhã os portões seriam fechados às 7h30 e a tarde, às 13h30. Porém, os candidatos não teriam respeitado o horário de comparecimento ao local de prova, uma hora antes do início da prova, talvez por desatenção na leitura do edital.