Governo de SP investe em ações ambientais em cidades da região

31
São Carlos e Matão receberão obras de saneamento, entre outras

O Governador João Doria e os secretários de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, assinaram nessa terça-feira (4) 73 contratos com municípios do interior e do litoral paulista para investimentos em ações ambientais. Os recursos provenientes do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), no total de R$ 35 milhões, serão distribuídos entre 36 prefeituras e 25 instituições. Na região Central, serão contemplados os municípios de Ibitinga, Matão e São Carlos.

“Quero lembrar que amanhã é o Dia Mundial do Meio Ambiente, e estamos aqui tendo uma atitude voltada à proteção e preservação ambiental”, declarou o Governador.

Doria ainda lembrou que todos os contratos foram assinados digitalmente. A medida reduz custos financeiros, agiliza processos administrativos e também ajuda a mitigar impactos ambientais. “É uma visão moderna de governar”, acrescentou o Governador.

Os empreendimentos foram indicados pelos Comitês de Bacias Hidrográficas e abrangem projetos e obras de saneamento; como controle de perdas nas redes, drenagem, afastamento e tratamento de efluentes; revisão de planos municipais de saneamento básico; canalização de cursos d’água; criação de parque linear em área urbana; estudos e obras para controle de erosão; projetos de educação ambiental e ainda ações regionais com foco no meio ambiente.

“Investir em saneamento, galerias pluviais, preservação e recuperação dos nossos recursos hídricos é garantir ações sustentáveis que propiciam qualidade de vida à população”, disse Penido.

“Iniciativas em prol do meio ambiente são sempre bem-vindas para manter em boas condições a água que consumimos e o ar que respiramos. Esta é uma prioridade do Governo do Estado”, completou Vinholi.

São Carlos será contemplado com R$ 1,3 milhão para recuperação ambiental, criação de espaços permanentes de educação ambiental e substituição de interceptor de esgoto do córrego Monjolinho, entre outros. Matão receberá R$ 119.191,50 para plano de controle de erosão rural. Já para Ibitinga serão destinados R$ 166.905,31 para ações de suporte à implantação da coleta seletiva.

Recursos do Fehidro

Para acessar o apoio financeiro do Fehidro, os interessados devem elaborar um projeto compatível com os programas e as prioridades dos planos de recursos hídricos, além de receber indicação dos Comitês de Bacias Hidrográficas e aprovação técnica dos Agentes Técnicos do Fehidro. No total, foram firmados 54 contratos com instituições municipais, 12 com sociedade civil e 2 com instituições estaduais. Mais informações estão disponíveis em:http://fehidro.sigrh.sp.gov.br/fehidro/index.html.