Centro de Zoonoses do município está com superlotação de animais

34

Ao mesmo tempo em que várias ONGs (Organizações Não Governamentais) agem para proteger animais domésticos contra maus tratos ou abandonos em Araraquara, o município convive com a superlotação de animais aptos para adoções, no Centro de Zoonoses (CZ), órgão da Secretaria Municipal de Saúde, localizado no Parque Pinheirinho.

Segundo a gestora de projetos do Centro de Zoonoses, Luciana Filippo, atualmente cerca de 300 cães e 100 gatos superlotam o local, recolhidos pela cidade por conta de maus tratos ou abandono. A superlotação também é decorrente da baixa adesão para adoções, cujas campanhas são feitas a cada 15 dias, na Praça Major Abel Fortes do Parque Infantil, em Araraquara.

Para Luciana, o ideal seria o aumento no número de animais adotados na cidade a cada campanha e a diminuição do número de recolhimentos feitos pelo CZ. “Infelizmente, o recolhimento é muito maior que as adoções”, disse Lucina.

 “É muito importante que as pessoas se conscientizem de que elas não podem abandonar os animais”, enfatizou Luciana Fillipo, ao ressaltar os cuidados diários que devem ser dedicados aos bichos domésticos durante toda a vida deles. A próxima Feirinha de Adoções será realizada neste sábado (9), no Parque Infantil, em parceria com a Clínica Siciliano.

Ainda de acordo com Luciana, interessados em adotar um cão ou gato doméstico podem se dirigir ao Cento de Zoonoses, de segunda a sexta-feira, das 7h às 14h30, ou na Feirinha de Animais, no Parque Infantil. Basta se apresentar munido de CPF e RG e de um comprovante de residência.