Ações visam descarte regular de embalagens de agrotóxicos

2

Agricultores, pequenos produtores rurais e Associação dos Revendedores de Insumos Agrícolas de Araraquara e Região (Ariar), se reuniram na semana passada, no Centro de Interesse Comunitário (CIC), para realizar a devolução e o descarte de embalagens vazias de agrotóxicos.

O esforço compartilhado objetiva promover a destinação correta dessas embalagens e evitar a contaminação do solo, das nascentes e rios do município.

Segundo a coordenadora executiva de Agricultura, ligada à Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Silvani Silva, a Prefeitura e as entidades parceiras (Inpev – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, EDA – Escritório de Defesa Agropecuária, CDRS – Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável, e Itesp – Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo) vêm realizando essas ações visando a proteção ao meio ambiente.

“Além da devolução correta das embalagens, os agricultores também recebem orientações sobre legislação, armazenamento e uso correto de equipamentos de proteção, entre outras informações” acrescenta Silvani.

Vale destacar que desde o ano passado, a Coordenadoria de Agricultura e as entidades realizam a campanha de conscientização “Campo Limpo”, que visa o recolhimento de embalagens de agrotóxicos em toda a zona rural de Araraquara.

Ainda de acordo com Silvani Silva, além de recolher e dar destinação segura às embalagens, o objetivo das ações também é instruir os agricultores para que evitem ao máximo o uso de agrotóxicos — produtos utilizados na agricultura para controlar insetos, doenças ou plantas daninhas que causam danos às plantações.