2020, o Ano Seguinte

74

15 de novembro de 2016. De Araraquara-SP, uma carta foi enviada ao Palácio do Planalto e protocolada no Congresso Nacional. Nesta carta, ao então presidente da República Michel Temer, havia o alerta sobre constar no Acordo de Paris algo que nem os jornais e revistas (imprensa) e nem as TVs e internet (mídias) falavam, apesar do intenso debate mundial sobre mudanças climáticas e aquecimento global.

Era um alerta de que o Brasil poderia entrar nas Guerras Climáticas que desde os anos 40 o médico e cientista de Araraquara Dr. Frederico De Marco já alertava, inclusive à ONU (em 1957). Incorreremos neste risco de ‘Guerras Climáticas’, caso o Brasil aceite o Projeto ‘Plano B’, a aplicação de Geoengenharia Climática’ em larga escala, manipulação proposital do clima através de aviões despejando químicas e óxidos de metais na atmosfera para recobrir os céus e ‘tapar o sol’ (com a peneira), com patentes de bilionários como Bill Gates, ONG WWF (a do ursinho panda) e governo dos EUA que, apesar do Donald Trump não acreditar em aquecimento global vem investindo pesado neste ‘Sistema’.

Enfim, o “grande” jornalismo brasileiro vem dando muitas ‘barrigadas’ assim como os sucessivos governos vêm dando muitas ‘caneladas’ nesta área. Por isso, o jornalista e pesquisador Roni Esier escreveu o livro (Dossiê) ‘2020, o Ano Seguinte’ em formato e-book que é encontrado (com este título) publicado na Amazon.com.br e vendido por R$ 7,94, valor mínimo que o site estabeleceu, já que o objetivo do autor é informar à sociedade e não o de ganhar dinheiro com a obra. E como diz o autor: Sejam bem-vindos ao futuro!