1ª Mostra Regional de Atenção Primária à Saúde reúne profissionais e gestores

44

Gestores e profissionais da área da Saúde da nossa região estiveram no Centro Internacional de Convenção, nesta quarta-feira (6), para participarem da 1ª Mostra Regional de Atenção Primária à Saúde. A abertura, pela manhã, teve presenças do prefeito Edinho e de outras autoridades.

O evento, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Centro de Desenvolvimento e Qualificação para o SUS do DRS III (Departamento Regional de Saúde), envolveu 24 municípios que compõem o DRS III, órgão estadual de Saúde.

O objetivo da mostra é dar visibilidade às boas experiências produzidas no cotidiano das unidades de saúde da Atenção Básica e, com isso, fazer com que os profissionais compartilhem suas realizações e apresentem seus acertos e dificuldades.

“É uma grande oportunidade de troca de experiências entre os trabalhadores e gestores da Saúde na nossa região. Não podemos abrir mão da construção do SUS, que foi uma das maiores vitórias da Constituição de 1988. E não existe construção do SUS sem participação democrática dos usuários. O fortalecimento do SUS é tarefa de todos nós, todos os dias”, afirmou o prefeito Edinho.

O prefeito de Américo Brasiliense, Dirceu Pano (PSDB), elogiou a realização da mostra. “Esse evento de hoje tem muito a contribuir. Quem ganha é a Saúde da nossa região. Araraquara iniciou esse trabalho e, agora, temos toda a região aqui trocando experiências”, disse.

A troca de experiências também foi reforçada pelo prefeito de Santa Lúcia, Luizinho Noli (PL). “Assim buscamos alternativas para levar melhorias para a Saúde dos nossos municípios”, salientou.

Para a secretária interina de Saúde, Joice Nogueira, as boas experiências utilizadas na região precisam ser aproveitadas. “A gente precisa de novas ideias, de novas práticas. Que a gente leve para os nossos pacientes o que deu certo”, opinou.

Representando o DRS III, o diretor técnico, Florisvaldo Antônio Fiorentino, declarou que a Atenção Básica é um tema de fundamental importância, pois ela “deve ser a porta principal de acesso dos usuários” ao serviço de Saúde.

A mesma opinião é compartilhada pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde, Haroldo Campos. “Precisamos pensar primeiro em promover a saúde, e não em combater a doença”, lembrou, além de destacar que o conselho está incentivando a participação popular na gestão das unidades de saúde.

A mesa de autoridades ainda foi composta pela articuladora de Atenção Básica do DRS III, Roseneia Braz de Souza; e pelo coordenador da Escola Municipal de Governo, Mauro Bianco.

Ainda estiveram presentes no evento coordenadores e gestores municipais da área da Saúde; o diretor do Sesa (Serviço Especial de Saúde de Araraquara), Walter Figueiredo; a professora doutora Cinira Magali Fortuna, palestrante da abertura da mostra; e o Coral Vozes da Alma, do CAPS 2 de Matão, que realizou uma apresentação musical.