Breno Lopes cita “falta de ritmo de jogo” como maior dificuldade no retorno do Paulistão

O Ituano acabou não conseguindo furar o bloqueio da Ferroviária

17

Ituano e Ferroviária fizeram o primeiro jogo do campeonato paulista após os quatro meses de paralisação em função da pandemia do novo coronavírus. O resultado da partida, que acabou empatada sem gols, não foi bom para nenhuma das equipes.

“Acredito que o ritmo de jogo prejudicou bastante. Não é fácil ficar tanto tempo sem jogar. Treino é completamente diferente. Não é uma desculpa. Esse será um problema que todos os clubes enfrentarão, mas atrapalha bastante”, analisou o lateral Breno Lopes, do Ituano.

Com boas chances de marcar no primeiro tempo, o Ituano acabou não conseguindo furar o bloqueio da Ferroviária. “Iniciamos bem a partida e criamos algumas oportunidades de abrir o placar. Infelizmente a bola não quis entrar. Agora é trabalhar para buscar pontos no próximo jogo”, destacou o lateral.

Próximo compromisso do Ituano será domingo (26), às 16 horas, contra o Santo André, fora de casa.

Foto: Divulgação/Ituano