Tribunal atende pedido do MP e interdita Gigantão provisoriamente

82

Adriel Manente

O Tribunal de Justiça do Estado (TJ-SP) decidiu pela interdição provisória do Ginásio de Esportes “Castelo Branco”, o Gigantão, em Araraquara. A sentença que definiu o bloqueio do local, pelo menos por enquanto, foi confirmada na última terça-feira (30) e atende ao pedido feito pelo Ministério Público (MP). A Secretaria de Esportes, que atende no ginásio, também deve sair do local. A alegação da Promotoria do MP é de problemas estruturais no prédio.

Segundo o despacho feito pelo tribunal, a decisão “tem em vista a existência de anomalias estruturais que trazem risco de desabamento”. Ainda segundo a sentença do TJ, “há três pareceres técnicos atestando a existência de tais anomalias e o risco de desabamento, e que o laudo coligido aos autos do município é pouco aprofundado, não sendo suficiente para atestar a incolumidade da construção”. O documento diz que a situação se agrava ainda mais por já ter ocorrido um desabamento. Por fim, a referida sentença estipula multa diária de R$ 10 mil pelo descumprimento  da decisão judicial.

O que diz a Prefeitura?
Procurada para se pronunciar a respeito, a Prefeitura de Araraquara diz que o Gigantão está em plenas condições de uso. Na noite dessa quinta-feira (2), foi enviada uma nota sobre o caso. Confira na íntegra:
“A Prefeitura de Araraquara informa que está reunindo todos os documentos que comprovam a segurança do Ginásio de Esportes Castelo Branco, o Gigantão, e vai, nas próximas horas, buscar a reversão da decisão que pede a interdição do local.
O Gigantão não possui qualquer risco de desabamento ou outro problema estrutural que ofereça risco a seus frequentadores. Isso é comprovado por laudo técnico do engenheiro Roberto Massafera, que foi o responsável pela construção do espaço esportivo e tem acompanhado todas as obras de manutenção ao longo dos últimos anos.

Vale ressaltar que o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológica) está na cidade vistoriando o Gigantão, e que nenhum risco foi constatado no Ginásio que impeça a utilização pública”, finaliza o comunicado.
A afirmação é do engenheiro Daniel Mariani Guirardi.

Histórico do Gigantão
Principal Ginásio de Esportes e um dos cartões postais da cidade, o Castello Branco, popular Gigantão, sofreu com problemas estruturais há nove anos, quando parte de uma marquise desabou no dia 29 de outubro de 2010.
A partir daí foi feita a avaliação técnica de toda a estrutura física do ginásio, com estudos conduzidos pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
O Ginásio foi reformado e passou quase 3 anos fechado. No dia 9 de julho de 2013 o ginásio foi reinaugurado e, desde então, recebe todas as principais disputas esportivas na cidade.