Time de São Carlos monta ‘seleção’ com garotos da região

312

Carlos André de Souza

 

Araraquara sempre foi conhecida por revelar talentos para o futebol e uma nova safra de garotos vem despontando nos campos da cidade. A Ferroviária, que disputa as categorias sub-15, sub-17 e sub-20 do Campeonato Paulista, ainda não marca presença nas categorias sub-11 e sub-13, por isso alguns jovens atletas da cidade buscam outra alternativa para apresentar seu futebol a nível estadual. E o único time da região a marcar presença nessas competições é o Grêmio Sãocarlense/Adesm, que conta praticamente com uma seleção regional.

Em entrevista ao jornal O Imparcial, o técnico Rogério Pereira, o Rogerinho, falou da importância dessa iniciativa. “Nossos times contam com garotos vindos de um raio de 80 quilômetros, das regiões de São Carlos, Araraquara e Rio Claro. Temos meninos de Américo Brasiliense, Descalvado, Motuca, Porto Ferreira, entre outros locais onde eles não teriam a oportunidade de disputar uma competição de alto rendimento como o Paulista”, conta.

E o futebol apresentado por esses garotos vem resultando em bons frutos, tanto para o clube quanto para os jogadores. “Já temos meninos monitorados por clubes como Palmeiras, Cruzeiro, Flamengo, Red Bull, entre outros”, revela o treinador.

O treinador destaca que a rivalidade entre as cidades no futebol adulto não se reflete nas categorias de base, onde a união é a palavra chave para o sucesso. “Aqui não existe rivalidade. Qualquer menino que tenha potencial será avaliado e, se tiver qualidade, será integrado”, resume Rogerinho, que prepara suas equipes para o Interior Cup, outro torneio que costuma chamar a atenção de grandes clubes do país.

Comandar um grupo com jogadores tão jovens também é um desafio para o técnico. “O grande problema é colocar para eles a importância do campeonato e gerar desde já o comprometimento. Muitas vezes viajamos às 5h30 da manhã para jogos fora de casa e além dos meninos, também precisamos ter esse comprometimento nos pais. O menino precisa estar focado, dormir cedo, além de inúmeros fatores que exigem essa participação dos pais”, acrescenta.

Outra vantagem do projeto é que os meninos atuam somente em estádios, com estrutura de ambulância e arbitragem da Federação Paulista de Futebol, o que faz com que eles comecem a se ambientar ao clima do futebol que encontrarão ao longo de suas carreiras.

Entre os meninos de Araraquara que integram o sub-11 do Grêmio Sãocarlense estão o goleiro Cauan Assunção, o zagueiro Paulinho Zavan, o volante Raul Pires, o meia/volante Léo e os atacantes Carlinhos e Dodô. Além deles, compõem o time três atletas de Américo: o zagueiro Guilherme e os atacantes Iago e Cauan. No sub-13 estão o volante araraquarense Gustavo Bombarda, além do zagueiro Lucas Gouveia, de Motuca, e do atacante Vitinho Barreira, de Américo.