Saúde prorroga campanha da vacinação contra a gripe

Até o dia 30 deste mês, de segunda a sexta-feira, podem ser vacinadas todas as pessoas dos grupos de risco em Araraquara

25

Vai até o dia 30 deste mês de junho (terça-feira da próxima semana), em Araraquara, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza ou gripe.

Podem ser vacinados todos os grupos prioritários – crianças de 6 meses a 5 anos de idade, profissionais de saúde, gestantes puérperas (mães recentes), professores, profissionais da segurança pública,  motoristas do transporte coletivo, idosos a partir dos 55 anos e toda pessoa portadora de alguma patologia comprovada, como hipertensão, diabetes, bronquite e obesidade, entre outras.

A campanha é realizada em toda a rede pública municipal da cidade e no Sesa (Serviço Especial de Saúde de Araraquara), ligado à USP (Universidade de São Paulo). Quem estiver com febre deve esperar por até três dias antes de se vacinar.

Em entrevista ao programa ‘Canal Direto – Especial Coronavírus’, pelo Facebook oficial da Prefeitura, na sexta-feira (19), a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Camila Santiago, reiterou que a vacina é segura e eficaz no combate à Influenza e H1N1.

Também não é preciso temer a ida ao posto de saúde por conta da pandemia do novo coronavírus, já que há o devido distanciamento entre as pessoas nas filas de espera, segundo Camila.

A enfermeira destacou a importância da vacina para crianças e pediu a pais ou responsáveis que providenciem o procedimento porque, até então, menos de 50% deste grupo foram vacinados em Araraquara. A meta é vacinar pelos menos 90% de crianças no município sendo necessário apresentar a carteirinha na hora da aplicação.

Camila Santiago também ressaltou ser importante a vacina para todos os grupos de risco, uma vez que a Influenza é uma doença respiratória como a Covid-19. “Se a pessoa for contaminada pelo coronavírus e estiver vacinada contra a gripe isso facilita o tratamento médico”, explicou. A enfermeira ainda reiterou que a vacina contra a gripe não possui efeitos colaterais.