Saiba como funcionam os testes para detectar a covid-19

Testes mais usados são os rápidos ou sorológicos e os moleculares

30

Para identificar as infec√ß√Ķes causadas pelo novo coronav√≠rus, dois tipos de teste s√£o mais usados: os que identificam se o corpo j√° teve contato e produziu defesas contra o v√≠rus e o que determina se a pessoa est√° infectada naquele momento pelo microrganismo.

Testes rápidos ou sorológicos

Os primeiros são os chamados testes rápidos, capazes de dar uma resposta quase imediata se a pessoa já teve a doença. A partir da coleta de sangue, que permitirá verificar a presença de anticorpos no soro ou no plasma do paciente, esses exames podem apresentar o resultado em até 30 minutos.

Segundo a Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa), √© preciso, no entanto, que o corpo tenha tido tempo de produzir as defesas contra o v√≠rus para que o exame d√™ um resultado positivo. O tempo estimado √© de pelo menos oito dias ap√≥s o in√≠cio dos sintomas para que seja poss√≠vel indicar se a pessoa teve contato com o v√≠rus.

O resultado √© dado por meio de uma subst√Ęncia reagente, que muda de cor ao entrar em contato com as imunoglobulinas (anticorpos produzidos pelo corpo contra infec√ß√Ķes). Os testes r√°pidos para covid- 19 s√£o os que identificam as imunoglobulinas G e M (IgG/IgM). Caso a pessoa j√° tenha tido contato com o v√≠rus, ela pode¬†ter¬†imunidade tempor√°ria ou resist√™ncia √† doen√ßa.

Como s√£o baseadas na resposta imunol√≥gica do paciente, que pode variar de pessoa para pessoa, a Anvisa alerta que esses testes n√£o confirmam de forma definitiva se a pessoa tem ou n√£o a doen√ßa. A principal fun√ß√£o desses exames √© avaliar a dissemina√ß√£o do v√≠rus em determinadas popula√ß√Ķes, de forma a embasar a√ß√Ķes de sa√ļde p√ļblica.

Teste molecular

Os testes RT- PCR, por outro lado, identificam a presen√ßa de material gen√©tico do v√≠rus no corpo do paciente. A sigla em ingl√™s significa: Rea√ß√£o em Cadeia da Polimerase com Transcri√ß√£o Reversa. De acordo com os crit√©rios da Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS), s√£o esses testes que determinam de forma mais confi√°vel se a pessoa tem ou n√£o covid-19.

Para fazer o exame, s√£o coletadas amostras de secre√ß√Ķes do nariz ou da garganta do paciente. Em geral, esses testes s√£o feitos, sob prescri√ß√£o m√©dica, quando a pessoa apresenta sintomas da doen√ßa.¬†Ele n√£o mostra se a pessoa j√° teve a doen√ßa, como os sorol√≥gicos, mas se h√° v√≠rus vivos no corpo da pessoa naquele momento. Esse teste deve ser feito pouco tempo depois de¬†a pessoa apresentar os sintomas. Caso seja feito muito tempo depois, em um est√°gio final da infec√ß√£o, pode n√£o haver mais tra√ßos suficientes do v√≠rus para um diagn√≥stico preciso.

Os resultados não são imediatos. Os laudos podem demorar alguns dias para serem finalizados. O laboratório vai buscar fragmentos do material genético do vírus (RNA) nas amostras colhidas do paciente. Caso esse material seja encontrado, as moléculas serão analisadas para determinar se pertencem ou não ao vírus causador da covid-19.