Pronto Socorro do Melhado: um abre outro fecha

Marcelo Barbieri cogitou em vender o prédio do PS para pagar dívidas da CTA

429

O prefeito Edinho Silva (PT) vistoriou neste √ļltimo fim de semana a obra de adequa√ß√Ķes e remodela√ß√£o do Pronto-Socorro do Melhado, que teve sua reabertura eleita como investimento priorit√°rio na Plen√°ria da Cidade do Or√ßamento Participativo.¬† A etapa de revestimentos, com piso porcelanato, est√° em andamento nos dois pavilh√Ķes de entrada do pr√©dio, que deve ser reaberto no primeiro semestre. Segundo o gestor municipal, o PS foi constru√≠do em local estrat√©gico.

Prédio à venda

O prefeito Marcelo Barbieri, na sua segunda gest√£o, propunha a venda do im√≥vel do antigo PS do Melhado, diante da pol√™mica o debate foi levado para a C√Ęmara Municipal. A sess√£o foi¬† suspensa duas vezes, numa delas para a manifesta√ß√£o do ent√£o alcaide Barbieri na tribuna popular em defesa do projeto, argumentando que o recurso da venda seria necess√°rio para o pagamento de indeniza√ß√£o de parte dos trabalhadores da extinta Companhia Troleibus Araraquara (CTA). Colocado em vota√ß√£o no plen√°rio ap√≥s √†s 23h30, o projeto foi rejeitado por 11 votos contra e 6 favor. Votaram a favor os vereadores Roberval Fraiz (PMDB), Jair Martineli (PMDB), Gerson da Farm√°cia (PMDB), Adilson Vital (PV), Rodrigo Buchechinha (SD) e William Affonso (PDT). Votaram contra os vereadores Jo√£o Farias (PRB), Edna Martins (PSDB), Jos√© Carlos Porsani (PSDB), Farmac√™utico J√©ferson Yashuda (PSDB), Donizete Simioni (PT), √Čdio Lopes (PT), Gabriela Palombo (PT),¬† Dr. Helder (PTB), Dr. Lapena (PP), Juliana Damus (PP), Pastor Raimundo (PRB). Na ocasi√£o Edinho Silva e M√°rcia Lia se opuseram com unhas e dentes contra a venda.

Política do desmancha

Estamos perto das elei√ß√Ķes municipais , anteriormente o Edinho n√£o conseguiu concluir algumas obras , a principal delas a Arena da Fonte que foi entregue na gest√£o do ex- prefeito Marcelo Barbieri (MDB).

Com a vinda das Upas, sobre a alega√ß√£o de que o Pronto Socorro do Melhado foi constru√≠do em lugar inadequado, oferecendo riscos de contamina√ß√£o, devido ao c√≥rrego em frente √†s instala√ß√Ķes e¬† foi desativado. O PS tamb√©m foi chamado de elefante branco, precisando de muitos profissionais na √°rea da sa√ļde, dificultando a Prefeitura na contrata√ß√£o de m√©dicos o que gerou v√°rios processos e por fim¬† moradia de desocupados.

Segundo pesquisas n√£o oficiais Edinho pode ser reeleito, diante de sua for√ßa pol√≠tica pode haver uma polariza√ß√£o na disputa do Legislativo. Caso n√£o ganhe o pleito eleitoral pode haver outra desativa√ß√£o . Este relaxo com o dinheiro p√ļblico ocorreu v√°rias vezes em Araraquara, por exemplo o Parque do Pinheirinho.

40 leitos

Edinho esteve acompanhado das secret√°rias municipais Eliana Honain e Anna Padilha, das pastas da Sa√ļde e de Obras e Servi√ßos P√ļblicos, respectivamente, e do coordenador da Participa√ß√£o Popular, Alcindo Sabino.

Os banheiros dos quartos estão na fase final, adequados para a estabilização dos pacientes. Da nova oferta de 40 leitos, 22 serão destinados à enfermaria; 12 para exames e 6 monitorizados.