Prefeito visita Tiro de Guerra e conversa com atiradores

93

O prefeito Edinho visitou o Tiro de Guerra de Araraquara, no in√≠cio da manh√£ desta quinta-feira (7), e conversou com os atiradores que est√£o concluindo o ano de instru√ß√£o e se formam no final deste m√™s ‚ÄĒ a formatura ser√° no dia 29.

Edinho, que foi atirador em 1984, relatou algumas de suas experi√™ncias no Tiro de Guerra e ouviu relatos dos jovens sobre as situa√ß√Ķes vividas durante este ano.

‚ÄúEu gosto de fazer essa conversa todos os anos, no in√≠cio e no final das instru√ß√Ķes. O Tiro de Guerra foi uma experi√™ncia que marcou muito a minha vida. Procuro sempre passar um pouco da minha experi√™ncia, al√©m de ouvir o que os jovens t√™m a dizer‚ÄĚ, declarou.

‚ÄúAs mem√≥rias e o aprendizado do Tiro de Guerra estar√£o para sempre na vida de todos os atiradores, como as li√ß√Ķes sobre o respeito ao pr√≥ximo, o conv√≠vio com os colegas e a necessidade de optar pelo caminho certo. Todos eles t√™m condi√ß√Ķes de serem grandes lideran√ßas‚ÄĚ, concluiu o prefeito, que √© o atual presidente da Junta de Servi√ßo Militar e diretor do Tiro de Guerra.

O TG de Araraquara √© o mais antigo em atividade no Brasil e est√° completando 108 anos. A institui√ß√£o √© parceira da Prefeitura em diversas a√ß√Ķes, como campanhas de arrecada√ß√£o de alimentos e agasalhos e mutir√Ķes de combate √† dengue.

A conversa do prefeito com os atiradores foi acompanhada pelo chefe de instru√ß√£o do Tiro de Guerra, subtenente Cleitor de Almeida Paiva, e pelo instrutor, o 1¬į sargento F√°bio Bezerra de Lima.