Parque Vivo realiza atividades neste final de semana

45

As atividades do Parque Vivo seguem conquistando um bom público e agregando mais colaboradores ao projeto, realizado semanalmente no Parque do Botânico. Prova disso é que neste sábado (13), serão realizadas duas atividades na programação: pela manhã, às 9 horas, será realizada o “Psicologia no Parque”, enquanto à tarde, às 16 horas, acontece o “Piquenique Julino”. E tem mais: domingo também terá atividade!

Em “Psicologia no Parque”, um grupo voluntário de psicólogos realiza o “Tá tudo bem, se não estiver tudo bem”, proporcionando um dia de acolhimento psicológico por meio de escuta clínica. Os objetivos visam oferecer um espaço de escuta, acolhimento e cuidado aberto, por meio de orientações psicológicas e, assim, promover o acesso dos participantes às informações, conhecimento e compreensão dos próprios dilemas, desmitificando assuntos ligados à saúde mental.

Para o Piquenique Julino é solicitado que os participantes levem um prato de comida típica para a confraternização e também uma toalha. Brincadeiras infantis e música com André Peres – num acústico com MPB e rock – estão no programa realizado às 16 horas. Depois, a partir das 17 horas, tem “Poetas do Cordel – Quarteto Artoeira”, com forró e poesia. A ideia é reunir famílias, crianças e amigos do Parque para uma tarde bastante agradável, cheia de alegria e diversão.

Ainda, no domingo (14), às 10 horas, haverá a atividade Yoga Cerebral – um conjunto de exercícios desenvolvidos a partir de muitas pesquisas que trabalham principalmente o córtex e o hipocampo, cuja principal finalidade é de desenvolver a concentração e aumentar a frequência da atenção, tornando a memória poderosa e eficiente.

“Através de uma prática que envolve concentração, atenção e movimentos, estaremos desenvolvendo os exercícios de maneira lúdica e didática em uma vivência simples e ao mesmo tempo enriquecedora”, explica o professor voluntário Jefferson Moreira Junior, lembrando que o Yoga Cerebral desenvolve o alto controle emocional e previne contra a anosognosia (falha temporária de memória) e doenças neurodegenerativas tais como o Mal de Parkinson e Alzheimer.

O Parque Vivo foi criado por meio da iniciativa popular em fevereiro deste ano e vem apresentando atividades semanalmente, aos sábados, no Parque do Botânico, sempre às 16 horas. O projeto é formado por um grupo de voluntários, moradores de Araraquara, motivados em ocupar de forma útil e positiva os espaços verdes da cidade, tornando-os locais mais convidativos, dinâmicos e familiares.

Com apoio da Prefeitura e parceiros, as propostas do projeto incluem preservação do meio ambiente, manutenção e melhorias da infraestrutura, além de atividades de cultura, esporte e lazer. A programação pode ser acompanhada pelas páginas do Facebook (Parque Vivo-Araraquara/SP) e Instagram (@parquevivoararaquara), além do site da Prefeitura de Araraquara. O Parque do Botânico está localizado na Rua Dr. Gennaro Granata, s/n°, no Jardim Botânico.