Motorista de aplicativo é vítima de sequestro relâmpago

Profissionais sofrem com a falta de segurança

67

Um motorista de aplicativo, de 23 anos, passou por momentos de tensão na madrugada desta sexta-feira (13), ao ser tomado como refém durante um sequestro relâmpago. O crime teve início no bairro São José, em Américo Brasiliense.

Segundo o apurado, o motorista informou à polícia que a corrida foi solicitada por uma conta em nome  de ‘Souza’. Ao chegar ao local de partida, na Rua Amabili Mariani Furlani, foi abordado por dois homens, sendo um deles armado, que fizeram ameaças e o obrigaram a seguir com o carro. Durante o trajeto, os sequestradores teriam dito que precisavam fazer um ‘’resgate’ e que nada aconteceria com ele se obedecesse as suas ordens.

O profissional contou que foi obrigado a levar os ladrões até as cidades de Santa Lúcia e Rincão, onde a dupla praticou roubos em pequenos estabelecimentos comerciais, além de trabalhadores que estavam em um ponto de ônibus e um estudante que seguia de bicicleta.

Depois de praticarem os crimes, os bandidos abandonaram a vítima em um canavial localizado na área rural de Américo Brasiliense. Em seguida, a dupla fugiu levando apenas o celular do motorista.

O caso foi registrado na Delegacia de Plantão e será investigado pela Polícia Civil.

Foto: O Imparcial