Motociclista morre atropelada por caminhão depois de cair da moto na Rodovia Faria Lima

Funcionários da Penitenciária de Guariba lamentaram a morte da companheira de trabalho

159

José Augusto Chrispim

A motociclista Lilian Dantas Canosa, de 35 anos, morreu na noite dessa segunda-feira (5), ao se envolver em um grave acidente no quilômetro 294 da Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-226), no sentido Matão/Araraquara.

Segundo o apurado, Lílian era funcionária da Penitenciária de Guariba e estava saindo do trabalho com destino a sua casa em Araraquara, no momento do acidente. Por motivos a serem esclarecidos, ela teria perdido o controle de sua motocicleta e caído no meio da pista. Um caminhão que seguia no mesmo sentido não teve tempo de desviar e acabou atropelando a motociclista, que morreu no local.

A Polícia Rodoviária controlou o trânsito durante o trabalho da Polícia Científica que realizou a perícia. O acidente foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor e será investigado pela Polícia Civil.

Grande perda

Funcionários da Penitenciária de Guariba lamentaram a perda da amiga de trabalho. “Estamos todos muito tristes aqui na unidade, pois a Lílian era uma funcionária muito querida por todos, uma moça cheia de projetos, cheia de vida e que amava a sua profissão”, relatou à redação do O Imparcial a diretora da unidade, Dra. Jucélia Gonçalves da Silva.

Foto: Divulgação