Mãe de piloto do helicóptero de Boechat morre três dias após filho

38

Faleceu na quinta-feira (14), a mãe do piloto Ronaldo Quattrucci, que guiava o helicóptero que caiu na segunda-feira (11), vitimando o jornalista Ricardo Boechat. Philomena Quattrucci tinha 80 anos e há muito tempo lutava contra um câncer. Ela não sabia da morte de seu filho.

Segundo um amigo da família, os parentes chegaram a tirar a televisão do quarto no hospital para que ela não soubesse da notícia.

No Instagram, a filha de Ronaldo, Amanda Quattrucci, homenageou pai e avó. “Vocês eram inseparáveis e tinham um amor incondicional um pelo outro! Quando meu pai estava sofrendo com sua doença terminal, a vida nos surpreende e Deus o levou três dias antes dela. Você não a viu ir e ela não chegou a saber da sua partida e agora continuam juntos em outro plano”, escreveu ela. “Oro por vocês e sei que irão guiar e cuidar de nós que ficamos, junto com o tio Rogério. Amo muito vocês e vou amar por toda eternidade”.