Luvas e máscaras devem ser descartadas no lixo comum

O alerta foi feito pela presidente da Acácia em entrevista ao Jornal O Imparcial, na tentativa de não contaminar as catadoras

46

O Daae e a Cooperativa Acácia solicitam aos usuários da coleta seletiva para que não entreguem aos coletores de materiais recicláveis máscaras e luvas utilizadas durante a quarentena, esses materiais não são recicláveis e devem ser descartados no lixo comum.

Apesar dos coletores da rua e das cooperadas da triagem estarem usando os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), o melhor é a prevenção. “Infelizmente, as pessoas têm colocado as luvas e máscaras usadas junto ao material da coleta seletiva. Pedimos que esses materiais sejam direcionados para a coleta domiciliar”, alerta Marta Joaquim, representante da Cooperativa Acácia.

Veja quais são os materiais recicláveis que podem ser entregues à cooperativa:
Papéis: jornais, revistas, caixas, papelão, folhas de caderno, cartolinas, cartões, envelopes, fotocópias, folhetos e impressos em geral.

Plástico: tampas, potes de alimentos, frascos, utilidades domésticas, embalagens de refrigerante, garrafas de água mineral, recipientes para produtos de higiene e limpeza, PVC, tubos e conexões, peças de brinquedos, engradados de bebidas e baldes.

Vidros: tampas, potes, frascos, garrafas de bebidas, copos e embalagens.
Metais: latas de alumínio, latas de aço, tampas, ferragens, canos, esquadrias e molduras de quadros.