Ferroviária vence o Atibaia e se classifica

56

Texto: Carlos André de Souza
Foto: Tetê Viviani

A segunda fase da Copa Paulista foi encerrada na tarde deste sábado (21), quando a Ferroviária bateu o Atibaia por 2 a 1 no Estádio da Fonte Luminosa. Mauricio abriu o placar para a Locomotiva no primeiro tempo e Cristian ampliou na etapa complementar, enquanto Tavares descontou para o time visitante.

Na outra partida válida pelo Grupo 5, o EC São Bernardo bateu o Taubaté fora de casa por 2 a 0 e terminou na liderança da chave com 11 pontos. A Locomotiva também ficou com 11, porém na vice-liderança, com um gol a menos de saldo. Assim, Taubaté e Atibaia foram eliminados.

A Federação Paulista de Futebol divulgará na próxima segunda-feira (23) a tabela de jogos da terceira fase. Na nova etapa do torneio, a Ferroviária integrará o Grupo 10 ao lado de Mirassol, São Caetano e Santo André. O Grupo 9 conta com EC São Bernardo, Comercial, XV de Piracicaba e Linense. Os dois melhores de cada chave avançarão às semifinais.

 

O jogo

O jogo começou com a Ferroviária apresentando um maior volume de jogo, que foi premiado aos 14 minutos, quando Cristian lançou a bola na área, Raniele desviou de cabeça, o goleiro Leandro rebateu e Mauricio pegou o rebote para estufar a rede.

Logo em seguida, a Locomotiva perdeu o atacante Léo Jaime, que se lesionou e foi substituído por Rodolfo. O Atibaia melhorou na partida e pressionou no final da etapa inicial. Na oportunidade mais clara, o zagueiro Marcão finalizou após cobrança de escanteio, a bola subiu e Wallace cabeceou de frente para o gol, mas Gabriel Leite fez uma grande defesa e evitou o empate.

Na etapa complementar, a Ferroviária ficou perto de fazer o segundo gol com um chute rasteiro de Felype Hebert que foi defendido pelo goleiro em seu canto direito. Mas o time visitante passou a pressionar e viu sua situação ficar mais favorável aos 5 minutos, quando o lateral afeano Marcos Ytalo foi expulso. Na cobrança da falta, o Atibaia acertou a trave e fazer o gol no rebote, mas a arbitragem anulou a jogada por conta de um impedimento, para alívio da torcida.

A Locomotiva aumentou sua vantagem no marcador com um golaço de Cristian, que recebeu próximo à meia-lua da área e bateu com muita precisão para acertar o ângulo esquerdo do goleiro, que não conseguiu evitar o gol.

O Atibaia levou perigo aos 19, quando Gledson arriscou de longe e obrigou Gabriel Leite a espalmar para fora. Três minutos depois, a Ferroviária deu um susto em sua torcida quando Caíque recuou para Gabriel Leite, que estava fora do gol e só observou a bola passar raspando a trave, no que seria um gol-contra.

O Atibaia passou a pressionar e chegou ao gol aos 33, quando Willian cruzou pela esquerda para Tavares, dentro da pequena área, cabecear no chão e estufar a rede de Gabriel Leite. O time visitante buscou o empate até o fim, mas não conseguiu chegar à igualdade e a torcida afeana comemorou ao apito final do árbitro.

 

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 2 x 1 ATIBAIA
Local: Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara;
Data/Horário: Sábado, 21 de setembro, 15h;
Arbitragem: Márcio Henrique de Góis, auxiliado por Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva e Paulo César Modesto;
Público: 550 pagantes;
Renda: R$ 6.240,00;
Cartões amarelos: Mauricio, Cristian, Marcos Ytalo e Rodolfo (Ferroviária); Wallace, Igor e Tavares (Atibaia);
Gols: Mauricio (14′ do 1T) e Cristian (16′ do 2T) para a Ferroviária; Tavares (33′ do 2T) para o Atibaia;

FERROVIÁRIA – Gabriel Leite; Marcos Ytalo, Mauricio, Raniele e Fernando Júnior (Luís Henrique); Daniel, Caíque e Cristian; Jorge Eduardo (Marquinhos), Léo Jaime (Rodolfo) e Felype Hebert. Técnico: Vinícius Munhoz.

ATIBAIA – Leandro; Vinícius (Alagoas), Igor, Marcão e Willian; Bruno (Ronaldo), Gledson; Patrick (Tavares), Judson e Danilo; Wallace. Técnico: Wilson Júnior.