Ferroviária vence e assume o 3º lugar do Paulistão

1
Carlos André de Souza
Em um jogo com um final dramático, a Ferroviária venceu o Ituano pelo placar de 2 a 1 e subiu na tabela do Paulistão 2019. Tony abriu o placar para a Locomotiva em cobrança de pênalti no primeiro tempo e Higor Meritão ampliou na etapa complementar. O jogo parecia definido quando Morato descontou para o Ituano e a partida teve um final cheio de emoções.
Com sua segunda vitória consecutiva no estadual, a equipe do técnico Vinícius Munhoz chegou aos 7 pontos, assumiu a liderança do Grupo C à frente de Bragantino (5), Corinthians (4) e Mirassol (4) e de quebra chegou à terceira colocação geral do campeonato, atrás apenas de Santos (12) e Palmeiras (10).Primeiro tempo
A partida teve um início marcado por um bom toque de bola da Ferroviária. Maurinho criou a primeira chance para o time araraquarense aos 9 minutos com um chute de fora da área que parou em uma boa intervenção do goleiro Pegorari. O Ituano retribuiu com um chute de longe de Claudinho em que a bola passou rente à trave esquerda de Tadeu. O Ituano criou sua melhor chance aos 37, quando Alemão fez a jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Martinelli, que se desequilibrou no momento da conclusão e facilitou a defesa de Tadeu.
Mas a Locomotiva fez a festa de sua torcida aos 41. Em contra-ataque rápido, Felipe Matteus foi derrubado dentro da área. Tony cobrou o pênalti com categoria e bateu fraco, no meio do gol, para estufar a rede e abrir o marcador.

Segundo tempo
A Ferroviária voltou para o segundo tempo com Higor Meritão no lugar de Felipe Matteus. Aos 14, após bola cruzada na área do Ituano, Uilliam disputou a bola com o goleiro e ela sobrou para Felipe Ferreira, que concluiu fraco para fora e perdeu a chance de ampliar para a Locomotiva.
Aos 24 minutos, a Locomotiva marcou seu segundo gol em uma rápida jogada de contra-ataque. Diogo Mateus arrancou em velocidade e passou no meio para Maurinho, que acionou Julinho pela ponta esquerda. O lateral foi até a linha de fundo e rolou no meio da área rasteiro para Higor Meritão bater com o gol vazio e estufar a rede.
Aos 32, o Ituano chegou perto de fazer seu primeiro gol em uma bola cabeceada por Guilherme que passou raspando o ângulo direito de Tadeu. Um minuto depois, o atacante afeano Uilliam foi derrubado pelo goleiro dentro da área e o árbitro não marcou o pênalti, para indignação da torcida afeana. Aos 39, Serrato acertou um petardo de fora da área que explodiu na trave esquerda de Tadeu.
De tanto insistir, o Ituano diminuiu a vantagem aos 44, quando Martinelli fez boa jogada pela esquerda e bateu forte. Tadeu espalmou, mas Morato pegou o rebote para, sem goleiro, estufar a rede.

Próximo jogo
A Ferroviária voltará a jogar em casa na próxima rodada, marcada para a próxima segunda-feira, 4 de fevereiro, quando receberá o Red Bull no Estádio da Fonte Luminosa.

FICHA TÉCNICA
FERROVIÁRIA 2 x 1 ITUANO
Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara;
Data/Horário: Quinta-feira, 31 de janeiro, 21h;
Arbitragem: Thiago Luís Scarascati, auxiliado por Fabricio Porfirio de Moura e Luiz Alberto Andrini Nogueira;
Público: 1.371 pagantes;
Renda: R$ 21.170,00;
Cartões amarelos: Felipe Matteus e Tadeu (Ferroviária);
Gols: Tony (41’ do 1T) e Higor Meritão (24’ do 2T) para a Ferroviária; Morato (44’ do 2T) para o Ituano;
FERROVIÁRIA – Tadeu; Diogo Matheus, Rayan, Elton e Julinho; PH (Léo Artur), Tony e Felipe Matteus (Higor Meritão); Maurinho, Uilliam e Felipe Ferreira (Jorge Eduardo). Técnico: Vinícius Munhoz;
ITUANO – Pegorari; Jonas, Léo, Potinguar e Alessandro; Baralhas (Correia), Rodrigo (Guilherme), Marquinhos, Martinelli e Claudinho (Morato); Alemão. Técnico: Vinícius Bergantin.