Ferroviária está na final da Libertadores Feminina!

79

Texto: Carlos André de Souza
Foto: Tiago Pavini/AFE

 

O sonho do bicampeonato da Libertadores está mais perto para a Ferroviária. Na noite desta quinta-feira (24), a equipe araraquarense bateu o Cerro Porteño do Paraguai por 2 a 1 no Estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito, Equador, e carimbou sua classificação para a final do torneio continental. Nathane e Aline Milene marcaram os gols afeanos, enquanto Fretes fez o gol de pênalti para o time paraguaio.

O segundo finalista sairá do confronto desta sexta-feira (25) entre Corinthians e América de Cali da Colômbia. A grande decisão será realizada na próxima segunda-feira (28) no Equador.

 

O jogo

A Ferroviária começou melhor e abriu o placar aos 12 minutos de jogo, quando a artilheira Nathane pegou uma sobra dentro da área para concluir para a rede.

O Cerro cresceu na partida e pressionou até empatar aos 29, quando Kurtz foi derrubada dentro da área e a árbitra assinalou o pênalti, que foi convertido por Fretes.

O time paraguaio quase virou o placar aos 35 com uma bola cabeceada por Fleita, que acertou a trave de Luciana.

O segundo tempo começou com as Guerreiras Grenás criando mais oportunidades. Aos 16, o time araraquarense ficou à frente no placar com um golaço em um chute indefensável de fora da área de Aline Milene.

O Cerro tentou reagir e acertou a trave com um chute de Peralta. No rebote, Luciana fez uma defesa à queima-roupa na finalização de Bogarin. No final do jogo, a zagueira Luana acabou expulsa e deixou a Ferroviária com uma atleta a menos. O Cerro Porteño pressionou, mas a Ferroviária soube se segurar e consolidar sua classificação.

 

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 2 x 1 CERRO PORTEÑO-PAR
Local: Estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito, Equador;
Data/Horário: Quinta-feira, 24 de outubro, 21h30;
Arbitragem: Nadia Fuques Blanco, auxiliada por Betina Corbo e Adela Sanchez (todas do Uruguai);
Cartões amarelos: Luciana, Luana e Monalisa (Ferroviária); Martinez (Cerro Porteño);
Cartão vermelho: Luana (Ferroviária);
Gols: Nathane (12’ do 1T) e Aline Milene (16’ do 2T) para a Ferroviária; Fretes (29’ do 1T) para o Cerro Porteño;

FERROVIÁRIA – Luciana, Monalisa, Luana, Géssica e Barrinha; Maglia, Rosana (Rafa Andrade) e Rafa Mineira; Aline Milene (Andreia Rosa), Adriane Nenê (Carol Tavares) e Nathane. Técnica: Tatiele Silveira;

CERRO PORTEÑO – Saleb, Ayala, Caballero (Yohana), Fretes e Ayala; Kurtz, Aguero, Fleita e Martinez; Bogarin e Peralta. Técnico: Ismael Von Lucken.