Criminoso confessa e polícia encontra corpo de estudante de Bariri

93

José Augusto Chrispim

 

A polícia localizou, na manhã desta quarta-feira (25), o corpo da estudante universitária Mariana Bazza que estava desaparecida desde a manhã dessa terça-feira (24). O corpo foi encontrado em um canavial da área rural de Iacanga, que fica distante 15 km de Bariri, onde a vítima morava.

Mariana estava desaparecida desde a manhã de terça-feira (24), quando foi vista pela última vez depois de sair da academia e aceitar a ajuda do acusado pelo crime, Rodrigo Pereira Alves, de 33 anos, para trocar o pneu de seu carro, que estava furado. Rodrigo foi preso ainda na noite de terça-feira em uma casa localizada na cidade de Itápolis. A princípio ele negou participação no crime, mas na manhã de hoje (25) ele acabou confessando o homicídio e levou os policiais ao local onde o corpo estava escondido. A jovem estava amordaçada e com mãos e pés amarrados.

Equipes da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros fizeram buscas na chácara situada na Avenida José Jorge Resegue, local onde a jovem foi vista pela última vez. A polícia tenta encontrar indícios que possam levar a participação de outras pessoas no crime.

O corpo de Mariana foi encaminhado ao IML. Rodrigo permanece preso.

O bárbaro crime chocou toda a região.