Coral ‘O Consolador’ encanta presos de Araraquara

228

Os reeducandos do Centro de Ressocialização (CR) Masculino de Araraquara e seus familiares tiveram uma manhã de domingo especial: eles prestigiariam uma apresentação do coral “O Consolador”, grupo religioso que se apresenta com frequência na cidade e região. O repertório incluiu músicas como “Pai Nosso”, “Ainda Que Eu Falasse” e “O Renascer”, além de canções natalinas, como “Noite Feliz”.  

Os servidores também participaram do evento, realizado no último dia 10. Diretor da unidade prisional, Carlos Serraglio destaca que a exibição musical propõe uma reflexão sobre as escolhas que os detentos fizeram antes de chegarem ao cárcere e novos  caminhos que deverão trilhar quando cumprirem a pena.

“As canções expressam sentimentos positivos, como paz e esperança. Palavras que parecem distantes da realidade de uma prisão, mas que vão ao encontro do dia a dia no Centro de Ressocialização, devido ao empenho e dedicação do corpo de servidores e também aos pilares de ressocialização da unidade, que são religião, família, trabalho e educação”, elenca Serraglio.

HARMONIA

O diretor observa, ainda, que a música está sempre presente na vida das pessoas. “Ao ouvir um coral, é possível resgatar lembranças marcantes que tocam a nossa mente, coração e alma, reduzindo os sentimentos de ansiedade, solidão e depressão. Na apresentação, todos puderam sentir uma harmonia no ambiente. Foi possível ver a felicidade no semblante de cada um”, comemora.

Serraglio pretende incluir a apresentação do coral na agenda anual de eventos do Centro de Ressocialização.