Categorias de base têm balanço positivo

2

As categorias de formação da Ferroviária encerraram suas participações nos campeonatos oficiais na temporada de 2019. Todas as categorias, sub-15, sub-17 e sub-20, igualaram ou superaram a campanha feita em 2018. A equipe sub-15 chegou às quartas-de-final do Campeonato Paulista, chegando a ter, com o final das fases de grupo, a terceira melhor campanha da competição, atrás somente de São Paulo e Palmeiras.

Na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a equipe sub-20 da Locomotiva igualou sua campanha de 2018, quando foi eliminada pelo Corinthians, na terceira fase. Porém, neste ano, a Locomotiva liderou sua chave, que contava com São Paulo, Serra-ES e Holanda-AM. Na segunda fase, a equipe eliminou o Velo Clube, em Rio Claro e voltou à Araraquara, para enfrentar o São Paulo, mas foi derrotada por 2 a 0. Após o torneio, dois dos principais jogadores da competição foram negociados. O atacante Richard foi vendido ao Corinthians, e o centroavante Felipe Estrella foi emprestado à Roma, da Itália.

“Acredito que fizemos uma boa competição, onde conseguimos terminar na frente do São Paulo. Saímos para enfrentar o Velo, em Rio Claro e depois voltamos à Araraquara para jogar novamente contra o São Paulo, acabando eliminados. Mas foi um desempenho muito bom da equipe e pudemos negociar alguns jogadores e também outros fizeram parte do time principal no Paulistão”, afirmou o Coordenador das Categorias de Formação da Ferroviária, Milton Costa.

Nas competições estaduais, as três categorias igualaram ou superaram as campanhas feitas em 2018. A equipe sub-15 fez bonito e foi quem levou o nome da Ferroviária mais longe na competição. O time comandando inicialmente por Eduardo Guadagnucci e que terminou no comando de Murilo Morbi, liderou as três fases de grupo e chegou às quartas-de-final com a terceira melhor campanha do geral, atrás somente de São Paulo e Palmeiras. Na fase de mata-mata, a Ferroviária enfrentou o Santos, perdendo o primeiro jogo fora de casa por 2 a 1 e empatando na Fonte Luminosa, em uma partida de alto nível, em 3 a 3. O sub-15, ao todo, somou 54 pontos de 72 possíveis, fechando a competição com 75% de aproveitamento. Foram 24 jogos, 17 vitórias, três empates e quatro derrotas.

“A equipe sub-15 fez uma campanha excelente, terminando o Campeonato Paulista na 5ª posição, de 69 clubes, então é uma classificação que é inédita para o clube. Foi um ano muito bom, em termos de desempenho e de atleta. Conseguimos enxergar muitos jogadores com projeção dentro de clube e possibilidade de crescimento, então foi uma temporada muito boa para a categoria”, avaliou Milton.

Quem também superou sua campanha de 2018, foi a equipe sub-20, que foi até a terceira fase do Campeonato Paulista. No ano passado, a categoria ficou em uma fase anterior. O time comandado por Leonardo Mendes se classificou em quarto lugar na primeira fase. Já na segunda, superando o Palmeiras, conquistou o primeiro lugar e foi eliminado na terceira fase. A equipe conquistou 51% de aproveitamento, sendo 34 pontos conquistados, nove vitórias, sete empates e dez derrotas. Além disso, o volante Miqueias foi negociado, por empréstimo, ao Palmeiras.

“Tivemos um início muito bom, depois oscilamos um pouco durante a competição e conseguimos a classificação à segunda fase. Tivemos um momento marcante, que foi a vitória contra o Palmeiras e a havia um tempo que não conseguíamos três pontos contra um adversário deste porte nas categorias de base. Tivemos empates, grandes jogos, mas faltava vencer e conseguimos ainda terminar em primeiro no grupo, avançando para a terceira fase e superando a campanha do ano passado. Na última etapa, tiveram algumas dificuldades, jogadores subindo para disputar a Copa Paulista e o time acabou eliminado, mas também foi um grande ano”, salientou.

A equipe sub-17, assim como em 2018, foi eliminada na segunda fase do Campeonato Paulista. O time comandado por Vinicius Rovariz liderou a primeira chave, mas acabou ficando em terceiro na outra fase. Somando as duas fases, a Ferroviária somou 29 pontos de 48 que foram disputados, tendo um aproveitamento de 64% na competição, sendo 16 jogos, 11 vitórias, dois empates e quatro derrotas.

“O time sub-17 fez uma temporada com muitas competições, não só o Paulista, e teve um desempenho bom. Não conseguimos atingir o objetivo de chegar na terceira fase, mas tivemos bons momentos esse ano, como em BH, quando eliminamos o Cruzeiro, fazendo um grande jogo. Lideramos a primeira fase do Campeonato Paulista, com uma das melhores campanhas e, além disso, vários atletas do sub-17 tiveram oportunidade de jogar com o sub-20, o que ajuda no crescimento de cada jogador”, declarou o Coordenador.

Além das boas campanhas que a equipe fez nas competições disputadas, Milton também ressaltou um dos principais objetivos da Ferroviária, que é alimentar a equipe principal. “Ao menos quatro jogadores da base foram utilizados, por partida, pelo Vinicius Munhoz na Copa Paulista. Na primeira rodada, em Mirassol, foram 12 atletas relacionados para a partida, que vencemos por 2 a 1, inclusive com gol de Miqueias, que estreou no profissional aquele dia. Então, o resumo, com todas essa informações, é muito positivo e foi um grande ano para a nossa base”, finalizou Milton Costa.

A categoria sub-20 já iniciou sua preparação para a Copa São Paulo de Futebol Júnior, que tem início em janeiro e Araraquara será sede novamente. Os grupos e tabela da competição, ainda não foram definidos pela Federação Paulista de Futebol (FPF).