Bolsonaro afirma que Pazuello fica ‘por muito tempo’ no Ministério da Saúde

Presidente deu a declaração ao conversar com profissionais de limpeza urbana em Brasília. General comanda ministério de forma interina desde a saída de Nelson Teich

20
(Brasília - DF, 27/04/2020) Coletiva de imprensa com Ministro da Saúde, Nelson Teich. Fotos: José Dias/PR
  • O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (20) que o general Eduardo Pazuello, que responde de forma interina pelo Ministério da Saúde, ficará “por muito tempo” à frente da pasta.

Ainda de acordo com o presidente, o general, que não tem formação na área de saúde, vai ser auxiliado no ministério por uma “equipe boa” de médicos.

Bolsonaro deu a declaração ao conversar com profissionais de limpeza urbana que trabalhavam em um trevo próximo ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

General da ativa do Exército, Pazuello foi nomeado secretário-executivo do ministério – segundo cargo na hierarquia da pasta – e está como ministro de forma interina desde a semana passada, quando Nelson Teich pediu demissão.

Nesta quarta, o presidente foi perguntado na conversa com profissionais de limpeza se já havia escolhido o novo ministro da Saúde. Bolsonaro respondeu que não, e falou sobre o futuro de Pazuello.

“Ele [Pazuello] vai ficar por muito tempo esse que tá lá. Não vai mudar não. Ele é um bom gestor, vai ter uma equipe boa de médicos abaixo dele”.

Pazuello foi escolhido número 2 da Saúde por sua experiência em logística, já que comandou a “Operação Acolhida”, que recebe em Roraima os venezuelanos que entram no Brasil.