Ato ‘Fora Bolsonaro’ termina em confusão no Centro de Araraquara

Manifestantes do PCO foram conduzidos para a delegacia depois de discutirem com lojistas na Praça Santa Cruz

2185

Um Ato pedindo o ‘Fora Bolsonaro’ realizado, na tarde deste sábado (18), por militantes do Partido da Causa Operária (PCO) na Praça Santa Cruz, no Centro de Araraquara, terminou em confusão. Uma discussão entre os manifestantes e alguns supostos lojistas, devido a divergências de opiniões políticas, acabou se transformando em ocorrência policial.

De acordo com o apurado pela reportagem de O Imparcial, cerca de cinco manifestantes estavam denunciando as mortes no Brasil e falando sobre o genocídio de pretos e pobres, quando uma pessoa teria se aproximado do grupo e passado a fazer provocações dizendo que “tinha que morrer mesmo”. Em seguida, um dos militantes, que é afrodescendente, teria sido chamado de ‘maloqueiro’, além de outras provocações, por um transeunte.

Grande efetivo

Ainda de acordo com o apurado, acionada por lojistas da região, a Polícia Militar enviou um grande efetivo policial para o local. Sete viaturas e cerca de 15 policiais participaram da ação.

Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão, onde seria registrada a ocorrência, porém os lojistas acabaram retirando a queixa. Os militantes alegaram que eles tentaram impedir uma manifestação pacífica e que não havia necessidade de um efetivo tão grande da Polícia Militar.