Araraquara recebe dez respiradores eletrônicos do Governo do Estado

Ao todo, região foi contemplada com 21 equipamentos que são fundamentais para salvar vidas em meio à pandemia da Covid-19

43

Araraquara recebeu dez respiradores eletrônicos enviados pelo Governo do Estado para atendimento de pacientes com a Covid-19, doença causada pela pandemia do novo coronavírus.

Esses equipamentos chegaram ao Hospital da Solidariedade (hospital de campanha) nesta segunda-feira (15) e foram recebidos pelo prefeito Edinho, pela secretária de Saúde, Eliana Honain, e pela assessora técnica da FonGota, Paula Lima.

Ao todo, a região recebeu 21 respiradores do Governo do Estado. Além dos dez de Araraquara, também receberam São Carlos (seis), Taquaritinga (três) e Américo Brasiliense (dois). A entrega foi feita com escolta do 3º Batalhão de Choque da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

“É uma imensa vitória para a cidade de Araraquara. Vocês sabem o quanto que nós lutamos para aumentarmos a nossa estrutura e termos mais condições de salvar vidas. E, para enfrentarmos o coronavírus, respiradores são fundamentais. Eles significam o paciente ter mais condições de lutar pela vida”, afirmou o prefeito Edinho em transmissão pelas redes sociais.

O prefeito agradeceu ao Governo do Estado, em nome do governador João Doria (PSDB) e dos secretários estaduais José Henrique Germann (Saúde) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional), pelo envio dos respiradores. “O Governo do Estado reconheceu o esforço da Prefeitura de Araraquara em criar uma estrutura para que a nossa população pudesse lutar pela vida”, declarou.

A secretária Eliana Honain também enalteceu a chegada dos respiradores, que serão instalados no setor de UTI do Hospital da Solidariedade. “É uma alegria imensa estar recebendo esses dez respiradores de última geração e fundamentais para o funcionamento do nosso hospital de campanha. A gente espera que ninguém precise, mas queremos passar a tranquilidade de que Araraquara e região estão prontas para enfrentar o coronavírus”, afirmou Eliana.

Estrutura
O Hospital da Solidariedade possui 51 leitos para atendimento exclusivo de pacientes com a Covid-19, sendo 20 de UTI e 31 de enfermaria. Esses pacientes são encaminhados pelo polo de triagem instalado na UPA da Vila Xavier (nove leitos UTI e 19 de enfermagem), que é o local para onde deve se dirigir qualquer morador com sintomas da doença.

Entre os principais sintomas do novo coronavírus estão febre alta e persistente, tosse, cansaço e falta de ar. Os grupos de risco da Covid-19 são idosos (acima de 60 anos), pessoas com doenças autoimunes, imunossuprimidos, gestantes, lactantes e pessoas com doenças crônicas.

Para a redução da transmissão da doença, é recomendada a higienização frequente das mãos (com água e sabão ou álcool gel), o uso de máscaras protetivas e o isolamento social, evitando aglomerações.