A Justiça do Trabalho de Araraquara determinou que os funcionários da principal agência dos Correios da cidade cumpram quarentena em casa

De acordo com a liminar, o não cumprimento da decisão implicará pagamento de multa diária de R$ 1.000,00 por trabalhador não afastado

207

A Justiça do Trabalho de Araraquara determinou que os funcionários da principal agência dos Correios da cidade cumpram quarentena em casa, em regime de trabalho remoto por 15 dias, em função de uma funcionária ter testado positivo para o Coronavírus.

Portanto, a previsão é que a principal agência, localizada na Avenida Brasil deve ficar fechada nesta sexta-feira.

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios vai fiscalizar, de modo que a decisão da Justiça seja cumprida.

Ao todo cerca de 15 funcionários atuam somente naquela agência. Vale lembrar que a unidade citada é a maior em faturamento em toda a região de cobertura do Sintect-RPO, que abrange 94 cidades, incluindo Ribeirão Preto, Franca, Barretos e Catanduva.

Para que os funcionários deixem de cumprir a quarentena em casa, a empresa Correios deve testar os funcionários, de modo a identificar quem está contaminado.

De acordo com a liminar, o não cumprimento da decisão implicará pagamento de multa diária de R$ 1.000,00 por trabalhador não afastado, cuja destinação será posteriormente analisada.

Até agora, sete trabalhadores dos Correios na região foram contaminados.