Azul voltará a operar no Aeroporto Bartholomeu de Gusmão

2

Da redação

O Aeroporto Bartholomeu de Gusmão, de Araraquara, voltará a operar com uma rota da Azul Linhas Aéreas, pelo menos é essa a expectativa para o anúncio dessa quinta-feira (18) do governador João Doria (PSDB). Acompanhado pelo prefeito da cidade, Edinho Silva (PT), o governador deve falar oficialmente no começo da tarde. A Azul já havia operado na cidade no passado, mas alegando baixa demanda e altos custos, a empresa suspendeu as operações e deixou o aeroporto apenas funcionando para atividades particulares.

Ainda não foi informado qual será a oferta, ou seja, se teremos voos diários ou em alguns dias da semana. E nem se manterá o mesmo modelo de antes com escala até Campinas antes da chegada a São Paulo. A Companhia também informará uma data para que os voos comecem a pousar e decolar de Araraquara, pois depende de uma série de fatores, entre eles, plano de voo e comercialização de passagens.

Araraquara faz parte de um projeto do governo do Estado chamado “São Paulo Pra Todos”. Lançada há pouco mais de dois meses, a iniciativa consiste na redução da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de 25% para 12% sobre o querosene usado para abastecer aeronaves em São Paulo.

De acordo com o Governo, a despesa das empresas aéreas com combustível chega a até 40% de todo o custo operacional de cada voo. Com o barateamento do ICMS o governo espera que o tráfego aéreo entre as cidades do interior aumente consideravelmente.  A desoneração tributária terá efeito a partir de 1º de junho e será compensada pelo impacto econômico gerado pelas contrapartidas.

Aeroporto Municipal
Sem voos regulares desde 2014, o Aeroporto de Araraquara é utilizado para movimentações privadas. No ano passado, foram mais de 4.400, segundo o Daesp. Para receber voos comerciais em 2013, o aeroporto araraquarense passou por reformulação. Foram investidos R$ 7,4 milhões em obras para a construção do novo terminal, adequação da pista e implantação de sistema viário. O terminal de passageiros foi aumentado em oito vezes o tamanho antigo. Passou a comportar salas de embarque e desembarque, área para check in e espaços comerciais para lojas e locadoras de veículos. A obra foi iniciada em fevereiro de 2012 e concluída quase um ano depois. Em dezembro de 2014 a Azul deixou de operar em Araraquara.