Tem araraquarense no Grammy Latino!

72

A cantora araraquarense Liniker, do grupo Liniker e os Caramelows, comemorou sua indicação ao Grammy Latino, na qual concorre na categoria Melhor Disco de Rock ou Música Alternativa, por ‘Goela Abaixo’. Ela usou seu perfil do Instagram para postar um texto emocionante, onde falou dos desafios de fazer o álbum e chamou atenção para a quantidade de personalidades negras e LGBTs que foram indicadas ao prêmio deste ano .

“Cantar e escrever as coisas que eu sinto é o jeito que eu encontrei para demarcar meu lugar de direito de estar viva e legitimar o meu afeto no mundo”, iniciou a cantora, que em junho lançou o clipe de Intimidade, ao lado de Linn da Quebrada.

“Afeto que tem sido barreira e mergulho, pauta que vocês já devem estar cansadxs de me ouvir falar, mas eu tenho orgulho de dizer que essa pauta é minha meta, meu traço de vida, e que eu vou fazer e cantar muito sobre e por esse lugar. Três travestis, 3 mulheres negras, indicadas numa categoria de destaque do Grammy Latino”, disse.

E continuou: “Cantando em português, produzindo suas próprias histórias e sendo donas dos seus destinos, alimentando a arte, PRODUZINDO MÚSICA NESSE BRASIL, NESSE TEMPO, @raquelvvirginia, @assucenaassucena, @mahmundi (Orgulho demais de vocês, minhas amigas) Quem me conhece de perto sabe o quanto esse momento foi esperado e isso para além da indicação, é vitória!”.

“É sobre estar viva, e isso me lembra cada letra escrita sobre meus amores tóxicos e irresponsáveis, sobre as paixões avassaladoras que eu tenho me permitido viver, sobre sentir com meu corpo todo, e cantar para transbordar e transpassar as estáticas que me são impostas dia a dia. Eu quero viver as minhas delícias
Quero cantar viva. Quero seguir escrevendo. Quero ser o gozo e a vida e que assim seja! Asé”, finalizou.

A premiação do Grammy Latino acontecerá no dia 14 de novembro, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

INDICADOS NAS PRINCIPAIS CATEGORIAS

Gravação do Ano:
‘Parecen Viernes’ – Marc Anthony
‘Verdades Afiladas’ – Andrés Calamaro
‘Ahí Ahí’ – Vicente García
‘Kitipun’ – Juan Luis Guerra 4.40
‘Querer Mejor’ – Juanes Featuring Alessia Cara
‘La Plata’ – Juanes Featuring Lalo Ebratt
‘Aute Couture’ – Rosalía
‘Mi Persona Favorita’ – Alejandro Sanz Con Camila Cabello
‘No Tengo Nada’ – Alejandro Sanz
‘Cobarde’ – Ximena Sariñana

Álbum do Ano:
‘Visceral’ – Paula Arenas
‘Paraíso Road Gang’ – Rubén Blades
‘Cargar La Suerte’ – Andrés Calamaro
‘Agustín’ – Fonseca Fonseca
‘Vida’ – Luis Fonsi
‘El Mal Querer’ – Rosalía
‘#Eldisco’ – Alejandro Sanz
‘¿Dónde Bailarán Las Niñas?’ – Ximena Sariñana
‘Mas De Mi’ – Tony Succar
‘Fantasía’ – Sebastián Yatra

Canção do Ano:
‘Calma’ – Pedro Capó
‘Desconstrução’ – Tiago Iorc
‘El País’ – Rubén Blades
‘Kitipun’ – Juan Luis Guerra
‘Mi Persona Favorita’ – Camila Cabello & Alejandro Sanz
‘No Tengo Nada’ – Alejandro Sanz
‘Quédate’ – Kany García & Tommy Torres
‘Querer Mejor’ – Rafael Arcaute, Alessia Cara, Camilo Echeverry, Juanes, Mauricio Montaner, Ricardo Montaner & Tainy
‘Un Año’ – Mauricio Rengifo, Andrés Torres & Sebastián Yatra
‘Ven’ – Fonseca

Melhor Canção Pop:
‘Bailar’ – Leonel García
‘Buena Para Nada’ – Paula Arenas, Luigi Castillo & Santiago Castillo
‘Mi Persona Favorita’ – Camila Cabello & Alejandro Sanz
‘Pienso En Tu Mirá’ – Antón Álvarez Alfaro, El Guincho & Rosalí
‘Ven’ – Fonseca

Melhor Álbum de Música Urbana:
‘Kisses’ – Anitta
‘X 100pre’ – Bad Bunny
‘Mi Movimiento’ – De La Ghetto
’19’ – Feid
‘Sueños’ – Sech

Melhor Álbum de Rock:
‘Una Razón Para Seguir’ – A.N.I.M.A.L
‘Arawato’ – Arawato
‘Basado En Hechos Reales’ – Carajo
‘Mtv Unplugged: El Desconecte’ – Molotov
‘Monte Sagrado’ – Draco Rosa

Melhor Álbum Pop/Rock:
‘Cargar La Suerte’ – Andrés Calamaro
‘Manual De Viaje A Un Lugar Lejano’ – Jumbo
‘Lebón & Co.’ – David Lebón
‘Nuclear’ – Leiva
‘Madame Ayahuasca’ – Taburete

Melhor Canção de Rock:
‘Conectar’ – Rodrigo Crespo
‘Godzilla’ – Leiva
‘Nirvana’ – Arawato
‘Punta Cana’ – Roberto Musso
‘Verdades Afiladas’ – Andrés Calamaro & German Wiedemer

Melhor Álbum Instrumental:
‘Balance’ – Gustavo Casenave
‘Saxofones Live Sessions’ – Cuban Sax Quintet
‘Folia de Treis’ – Edu Ribeiro, Fábio Peron, Toninho Ferragutti
‘Unbalanced Concerto for Ensemble’ – Moisés P. Sánchez
‘Yo Soy La Tradición’ – Miguel Zenón Featuring Spektral Quartet

Melhor Álbum de Jazz Latino:
‘Turning Pages’ – Claudia Acuña
‘Elemental’ – Branly, Ruiz & Haslip
‘Dos Orientales’ – Hugo Fattoruso & Tomohiro Yahiro
‘Rio – São Paulo’ – André Marques
‘Jazz Batá 2’ – Chucho Valdés

Melhor Álbum de Música Cristã (Língua Portuguesa):
‘Gente’ – Priscilla Alcântara
‘Sagrado’ – Adriana Arydes
‘Guarda Meu Coração’ – Delino Marçal
‘Preto No Branco 3’ – Preto No Branco
‘360º’ – Eli Soares

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa:
‘O Tempo É Agora’ – Anavitoria
‘Tarântula’ – As Bahias E A Cozinha Mineira
‘Todxs’ – Ana Cañas
‘Para Dias Ruins’ – Mahmundi
‘Selfie’ – Jair Oliveira

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa:
‘Vulcão’ – The Baggios
‘O Futuro Não Demora’ – Baianasystem
‘O Céu Sobre A Cabeça’ – Chal
‘Goela Abaixo’ – Liniker E Os Caramelows
‘Matriz’ – Pitty

Melhor Álbum de Samba/Pagode:
‘Canta Sereno E Moa’ – Nego Álvaro
‘Mart’nália Canta Vinicius De Moraes’ – Mart’nália
‘De Todos Os Tempos’ – Monarco
‘Em Sua Direçã’o – Péricles
‘Anaí Rosa Atraca Geraldo Pereira’ – Anaí Rosa

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira:
‘O Amor No Caos’ – Zeca Baleiro
‘Canta Tito Madi’ – Nana Caymmi
‘Tudo É Um’ – Zélia Duncan
‘Tempo Mínimo’ – Delia Fischer
‘Ok Ok Ok’ – Gilberto Gil
‘Besta Fera’ – Jards Macalé

Melhor Álbum de Música Sertaneja:
‘Hora Certa’ – Paula Fernandes
‘Francis & Felipe’ – Francis & Felipe
‘Em Todos Os Cantos’ – Marilia Mendonça
‘Live Movel’ – Luan Santana
‘Ao Vivo Em São Paulo’ – Mano Walter

Melhor Canção em Língua Portuguesa:
‘Ansiosos Pra Viver’ – Mestrinho
‘Desconstrução’ – Tiago Iorc
‘Etérea’ – Criolo
‘Mil E Uma’ – Arnaldo Antunes & Claudia Brant
‘Sem Palavras’ – Mário Laginha & João Monge

Melhor Vídeo Musical Versão Curta:
‘Boca De Lobo’ – Criolo
‘Me Solta’ – Nego Do Borel Featuring Dj Rennan Da Penha
‘Banana Papay’a – Kany García & Residente
‘Los Zurdos Mueren Antes’ – Nach
‘Vivir Los Colores’ – Todo Aparenta Normal

Melhor Video Musical Versão Longa:
‘Anatomía De Un Éxodo’ – Mastodonte
‘Piazzolla, Los Años Del Tiburón’ – Astor Piazzolla
‘Hotel De Los Encuentros’ – Draco Rosa
‘Lo Que Fui Es Lo Que Soy’ – Alejandro Sanz
‘Déjame Quererte’ – Carlos Vives