Sesc apresenta histórias transformadoras de sustentabilidade

106

Atividades educativas e intervenções artísticas que abordam as relações com consumo, geração e destinação de resíduos acontecem em todas as Unidades do Sesc São Paulo entre os dias 13 e 14 de setembro, integrando as ações em rede do programa Lixo: menos é mais.Com o tema Histórias Transformadoras, a iniciativa promove a difusão de informações a partir do diálogo, das vivências e da troca de experiências, e a programação permite reconhecer histórias de vida de cada território, compreender o caminho dos resíduos e levantar discussões que possibilitem a minimização da geração destes materiais, a origem de objetos e seu destino responsável.

A partir de situações reais e cotidianas, foram elaborados microcontos que discutem percursos possíveis para uma vida mais sustentável, consumo responsável e reflexões e ações sobre o tema dos resíduos, alinhados às iniciativas do Sesc São Paulo. Este material estará disponível durante as atividades e será disponibilizado para as cooperativas, instituições, parceiros do programa e grupo gestor da Unidade.
Em Araraquara, o público é convidado para uma caminhada por essa trilha de narrativas transformadoras. A programação para o público geral engloba feira de troca de livros e brinquedos, oficina de mutação e de construção de brinquedos com materiais reutilizáveis, xilogravura em ecobags.

Os destaques da ação ficam com a oficina Audiovisual como ferramenta de transformação socioambiental, também parte da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, que apresenta e discute sobre algumas metodologias para a utilização do audiovisual em ações socioeducativas. Para participar, as inscrições gratuitas já podem ser feitas na Central de Atendimento; e a Vivência Rota do Lixo, realizada com o Programa de Educação Ambiental do DAAE e o Grupo da Oficina das Meninas, que levará crianças e adolescentes do grupo para visitar diferentes postos de recebimento das várias categorias de resíduos produzidos na cidade, tais como aterro controlado, cooperativa de reciclagem, central de recebimento de embalagem de agrotóxicos e um ponto de entrega de entulho e volumosos.

Educação para a Sustentabilidade e a diminuição de consumo para a diminuição da produção de resíduos

O Sesc SP realiza diversas ações regulares na área de Educação para Sustentabilidade. Uma das linhas de ação é o programa Lixo: menos é mais, que preconiza a responsabilidade socioambiental como elemento transversal no conjunto de suas ações. Tem como princípio a revisão da forma de consumo para evitar a produção de resíduos, a possibilidade de reutilização de materiais, a destinação adequada dos resíduos e do desenvolvimento de ações educativas para o público interno e externo, incluindo as empresas do comércio de bens, turismo e serviços, público prioritário da instituição.

Sobre Programa Lixo: menos é mais

Visa compartilhar conhecimentos e experiências que possam melhorar a qualidade de vida atual e futura. Sua essência é educativa e a proposta é incentivar a minimização de resíduos e a destinação socioambientalmente responsável do que é descartado nas Unidades. Adota dezenas de ações de gestão, como por exemplo:eliminação dos cestos de lixo individuais e adoção de estações de descarte coletivo para recicláveis e não recicláveis; assim, cada gerador de resíduo faz a própria separação, diminui o tempo e o esforço das equipes de limpeza, diminui a quantidade e o desperdício de sacos;- eliminação interna dos copos descartáveis e da água envasada, com oferta de utensílios duráveis (canecas para café e água, garrafas de inox para água) para todos os funcionários, estagiários, temporários e prestadores de serviços; substituição gradativa da toalha de papel por secadores de mãos a ar;eliminação dos forros para bandeja, saquinhos para talheres, sachês de molhos e temperos, canudos, entre outros.

Antes do descarte, as Unidades fazem a pesagem de todas as categorias de resíduos e lança esses dados em sistema de monitoramento chamado Gestão de Resíduos. Para a destinação ambientalmente responsável de resíduos, o Sesc possui parcerias com cooperativas e instituições no Estado de São Paulo.

Como a gestão da sustentabilidade exige elaboração e permanente revisão de processos organizacionais (administrativos, operacionais, de infraestrutura etc.), o programa conta com Grupos Gestores nas Unidades, com representantes de diversas áreas, que elaboram plano de trabalho, articulam, executam e apoiam ações para a sustentabilidade, incluindo ações programáticas para o público, além de serem responsáveis pela implantação de processos, adaptações físicas e ações para redução na geração de resíduos – supressão da aquisição ou substituição de produtos, materiais e equipamentos – bem como de processos que eliminem o desperdício; buscam a destinação adequada para os resíduos gerados, respeitando os parâmetros legais, apoiando iniciativas sociais de geração de renda vinculados a programas de valorização do trabalho dos catadores de resíduos recicláveis; desenvolvem ações programáticas, abordando assuntos relativos aos resíduos, água e energia, com enfoque para a questão da sustentabilidade.

Alguns resultados: redução de 100% dos copos descartáveis de uso interno e 95% do consumo de água envasada, eliminação da destinação desses resíduos para os aterros sanitário, eliminação dos custos com aquisição de descartáveis e melhoria da qualidade da saúde dos funcionários e prestadores de serviços; troca gradativa de papel toalha por secadores de mãos a ar; substituição de materiais descartáveis nas comedorias e lanchonetes por materiais duráveis, eliminação dos canudos, redução de 100% na geração de resíduos e custos com embalagens individuais para talheres e forros de bandejas, padronização e instalação das estações de descarte coletivo – redução de 90% da quantidade de cestos, redução de custos e resíduos de sacos individuais para “lixo”, otimização do trabalho das equipes de limpeza, facilidade na operação e comunicação nos cestos sobre a separação e descarte dos resíduos.

Destinação qualificada dos resíduos recicláveis para as cooperativas parceiras, reconhecidas e priorizadas pelo Sesc (OS 02/2010) por prestarem importante serviços à sociedade, gerando renda e possibilitando condições de vida mais adequadas às pessoas em risco social. O envio dos recicláveis às cooperativas aliviou o impacto ambiental, já que não são mais encaminhados aos aterros e o custo de transporte e operação também foi reduzido significativamente.

 

SERVIÇO

HISTÓRIAS TRANSFORMADORAS
LIXO: MENOS É MAIS
14 e 15 de Setembro
Sesc Araraquara
Grátis
Programação completa do Regional:
https://issuu.com/sescsp/docs/lixo_-_menos_e__mais__histo_rias_transformadoras

OFICINA / ATELIÊ PARA IDOSOS
XILOGRAVURA EM ECOBAGS
Dias 11, 12 e 13, quarta à sexta, das 14hàs 16h30.
Espaço Curumim. Grátis. Inscrições na Central de Atendimento. Vagas limitadas.

VIVÊNCIA
ROTA DO LIXO
Com programa de educação ambiental do DAAE e grupo da Oficina das Meninas.
Dia 13, sexta. Externo. Apenas para o grupo da Oficina das Menians.

FEIRA
TROCAS DE LIVROS E BRINQUEDOS
Dia 14, sábados, às 12h.Hall de entrada.

ATELIÊ DR. GEPETO STEIN
LABORATÓRIO DE MUTAÇÃO DE BRINQUEDOS
Dia 14, sábado, às 12h.Hall de entrada

OFICINA
CONSTRUÇÃO DE BRINQUEDOS COM MOVIMENTO UTILIZANDO MATERIAL DE REUSO
Dia 14, sábado, às 14h.Hall de entrada

OFICINA
AUDIOVISUAL COMO FERRAMENTA DE TRANSFORMAÇÃO SOCIOAMBIENTAL
Dia 26, quinta, 14h às 17h.Espaço de Tecnologias e Artes. Grátis
Inscrições na Central de Atendimento. Vagas limitadas.