Reabertura do aeroporto foi questionada em requerimento

Documento foi apresentado por alunas de escola estadual durante Sessão do Parlamento Jovem

621

No dia 17 de dezembro, foi reaberto o aeroporto “Bartholomeu de Gusmão” em Araraquara. A data estava prevista na resposta da Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico ao requerimento apresentado pelas alunas da Escola Estadual “Dorival Alves” Gabrielle Spinelli Gagliardi Mauri e Gabrielly Matos da Silva, participantes do Parlamento Jovem 2019, projeto da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Araraquara. Elas foram amadrinhadas pela vereadora Thainara Faria (PT).

            Além da previsão para a reabertura do aeroporto, as estudantes questionaram no documento a previsão do número de voos por semana e quais seriam os horários e destinos.

Na argumentação, as jovens alegaram que o aeroporto se encontrava fechado desde 2017 e que poderia impulsionar a economia do município, valorizando e facilitando o deslocamento ágil de passageiros para outros lugares do país. “O aeroporto também pode contribuir para melhorar a arrecadação de impostos do município.”

De acordo com o Executivo, a previsão de voos por semana é, de início, quatro (terças, quintas, sábados e domingos), voando direto para Campinas, com conexões para 59 destinos nacionais e internacionais.

Os horários e destinos serão: Campinas-Araraquara (saída 9h30, chegada 10h15) e Araraquara-Campinas (saída 10h45, chegada 11h30). Após certificação do aeroporto para operações noturnas, haverá os seguintes voos diários: Campinas-Araraquara (saída 22h50, chegada 23h35) e Araraquara-Campinas (saída 5h45, chegada 6h25).

A Secretaria informou ainda que, por envolver uma empresa privada, mais detalhes, como a consulta de datas e horários disponíveis de acordo com a demanda, podem ser conferidos no site da companhia.