Projeto da Prefeitura visa estimular a criação de cooperativas

86

A Prefeitura lançou o projeto “O cooperativismo como porta para o futuro” na tarde desta quinta-feira (14), em evento no Centro de Convivência da Criança e do Adolescente Nossa Senhora das Mercês, no Jardim São Rafael, região norte de Araraquara.

O principal objetivo da ação é formar cooperativas tendo como público-alvo os beneficiários de programas sociais desenvolvidos pela Prefeitura, como o PIIS-Frentes da Cidadania, o Bolsa Cidadania, o de apoiadores no combate à dengue e o Minha Morada. Todos esses programas, juntos, beneficiam 1.071 famílias até o momento.

O projeto é uma realização da Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, por meio da Coordenadoria de Trabalho e de Economia Criativa e Solidária, e ocorrerá entre os meses de novembro e janeiro.

A Prefeitura contratou a empresa de assessoria O2M, que dará consultoria para formação de três cooperativas com foco nas áreas de construção civil, coleta, jardinagem e limpeza. No evento desta quinta, a coordenadoria apresentou o projeto ao público, realizou inscrições e coletou demandas.

O prefeito Edinho destacou que as cooperativas são uma forma interessante de geração de renda e produção de riquezas. “O cooperativismo dá certo. Araraquara terá o maior número de cooperativas de sua história e vamos ser exemplo para o Brasil. Quero que vocês olhem para a frente e acreditem em vocês do mesmo jeito que eu acredito”, disse o prefeito.

Edinho ainda reforçou que os programas sociais são uma ajuda temporária em um momento de dificuldade. “O cooperativismo é importante porque queremos que vocês não precisem mais dos programas sociais. A gente espera que vocês comecem a produzir e caminhem ‘com as próprias pernas’”, declarou.

O vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto, desejou sucesso a todos. “Aproveitem essa oportunidade para terem um futuro melhor”, ressaltou.

Para a deputada estadual Márcia Lia (PT), todos os beneficiários devem ter confiança. “Vocês vão poder se organizar para ter uma renda, ter um sustento para a família. Se todos vocês acreditarem que são capazes e se organizarem, irão ter sucesso”, afirmou.

Anfitriã do evento, Irmã Cida, representando o Lar Nossa Senhora das Mercês, ressaltou que a solenidade foi histórica. “Enchemos este auditório com pessoas lutadoras. Agradeço imensamente ao prefeito Edinho por dar tanta atenção às pessoas que estão em situação de sofrimento”, disse.

Ainda estiveram no evento a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa; coordenadores e gestores municipais; o superintendente do Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos), Donizete Simioni; e representantes da empresa O2M, contratada para prestar consultoria na criação das cooperativas.