Prefeitura já investiu mais de R$ 6,3 milhões no combate ao coronavírus

Do total das receitas, a Prefeitura de Araraquara informou que cerca de R$ 5,5 milhões que ainda não foram usados ficarão em caixa para o investimento de novas estruturas e a manutenção de atendimentos

32

A Prefeitura de Araraquara já investiu R$ 6.376.495,22 na estrutura de combate ao coronavírus. Os números foram divulgados pela secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, no início da noite de quinta-feira (30). O empenho considera as despesas com a implantação da estrutura, envolvendo obra civil, equipamentos, insumos e outros que vão acolher os pacientes. Na quantia, não está somada a manutenção dos locais e os pagamentos dos próximos meses.

Como explicou a secretária de Saúde, “essas medidas tiveram que ser tomadas imediatamente e foram feitas, independentemente se teríamos ou não recursos de outras esferas. Organizamos a rede de assistência à saúde, para dar conta da demanda, e estamos testando o maior número de pessoas possível graças à parceria com a Unesp”.

Do valor total, R$ 5.240.559,67 foram usados para a obra civil, equipamentos e insumos do Hospital de Solidariedade — hospital de campanha na antiga Novamoto. As obras estão em fase final e o atendimento deve começar nos próximos dias. Já o polo da Vila Xavier recebeu investimentos de R$ 229.382,00. A UPA contém nove leitos de UTI, enquanto a igreja possui 19 leitos de enfermaria.

Outros R$ 906.553,55 foram empenhados para a compra de máscaras, luvas, aventais, toucas, óculos de proteção, sapatilhas, medicamentos, locações de alojamentos em hotéis para isolar pacientes e higienização de áreas públicas.

Somando todos os repasses feitos e as doações, a Prefeitura de Araraquara contém R$ 11.962.287,65 em receitas vinculadas no combate do coronavírus, sendo recursos conquistados da seguinte forma: R$ 5.608.974,10 do Ministério da Saúde, R$ 2.119.952,00 da Secretaria Estadual de Saúde, R$ 110.662,60 do próprio município, R$ 1.434.468,60 repassados pelo Ministério Público do Trabalho e pela Justiça do Trabalho, R$ 2.459.865,75 enviados pelo Ministério Público Estadual e pela Justiça do Estado, R$ 121.325,00 da Justiça Federal, R$ 101.680,00 em doações de pessoas jurídicas, R$ 2.310,00 doados por pessoas físicas e R$ 3.049,60 de outros recursos.

Do total das receitas, a Prefeitura de Araraquara informou que cerca de R$ 5,5 milhões que ainda não foram usados ficarão em caixa para o investimento de novas estruturas e a manutenção de atendimentos.