Ponto Positivo: Entretenimento com responsabilidade social

206

Com um conceito jovem e empreendedor, a Ponto Positivo, empresa que atua na √°rea de eventos culturais e de entretenimento, tem desenvolvido um projeto diferenciado quando se trata de festas e atra√ß√Ķes universit√°rias.

Com quatro anos de existência, atende não somente a cidade de Araraquara e região, mas equipes e coletivos de outras cidades do estado de São Paulo, especialmente no ramo de jogos universitários, e sempre procurando fomentar e contribuir com a economia local, trabalhando com parceiros e prestadores de serviço da cidade.

A empresa, que conta com tr√™s s√≥cios, √© detentora de v√°rias marcas fortes e j√° conhecidas em Araraquara e regi√£o, e entre algumas elas est√£o: JUA (Jogos Universit√°rios de Araraquara), CarnaBixo, Open Bixo, MegaTenda, em sua maioria, abordando temas atuais e recepcionando um p√ļblico universit√°rio.

Os eventos promovidos pela Ponto Positivo contam com servi√ßos e equipes diferenciadas para garantir qualidade, n√£o somente nos shows e atra√ß√Ķes, mas tamb√©m no atendimento e cuidado de todos os presentes. As festas contam com todas as quest√Ķes necess√°rias como equipe de seguran√ßa, ambul√Ęncia e pessoas especializadas, evitando qualquer risco para quem procura as festas promovidas pela empresa.

Um dos diferenciais da Ponto Positivo √© a preocupa√ß√£o com a√ß√Ķes sociais e ambientais. Para Michel Kary, um dos diretores e s√≥cio da empresa, essas quest√Ķes s√£o fundamentais. ‚ÄúQueremos inovar no que oferecemos ao p√ļblico, mas sempre prezamos pela seguran√ßa e qualidade do que oferecemos, sem esquecer da nossa responsabilidade social, que pode ser passada para todos presentes no evento, uma forma de conscientizar sobre sustentabilidade‚ÄĚ, salienta Kary, relatando algumas das a√ß√Ķes promovidas pela empresa.

Segundo Michel, uma das iniciativas da Ponto Positivo que gerou um impacto diferenciado nos eventos foi a n√£o utiliza√ß√£o de copos pl√°sticos descart√°veis. ‚ÄúAo fim de cada evento, n√≥s t√≠nhamos uma montanha de lixo, j√° que cada pessoa n√£o fica com o mesmo copo at√© o final do evento‚ÄĚ, destacou. Para reduzir os res√≠duos, todas as festas utilizam copos ecol√≥gicos. Quem frequenta as atividades pode levar seu copo de casa ou at√© mesmo adquirir na entrada do evento e ter seu dinheiro de volta ao final, mediante a devolu√ß√£o do copo.

Al√©m dessa proposta, os s√≥cios frisam que outras ideias est√£o na pauta da empresa para o pr√≥ximo ano. Entre eles est√£o Michel Kary, que √© formado em Propaganda e Marketing, estudante de Direito e tem envolvimento com a √°rea de eventos e musical desde a inf√Ęncia. Outro s√≥cio que tem envolvimento com a √°rea musical √© Icaro Silva, que mant√©m um trabalho como DJ h√° alguns anos e tamb√©m √© estudante de Direito. J√° Eduardo Lima cursa o √ļltimo ano de Fisioterapia e desenvolve a√ß√Ķes com as atl√©ticas universit√°rias e esportivas da cidade e tamb√©m da regi√£o.

Al√©m de fortalecer o trabalho da empresa na cidade, os jovens buscam tamb√©m estimular parcerias com empresas e fornecedores locais, estimulando o desenvolvimento econ√īmico, assim como parcerias com institui√ß√Ķes, permitindo mais a√ß√Ķes sociais e positivas para a sociedade.