Natal Solidário inicia campanha de arrecadação de brinquedos novos

Entrega dos brinquedos seguirá protocolo de segurança para evitar contágio

124

Colaboração- Célia Pires

Mesmo com a pandemia o ‘Natal Solidário’ que arrecada brinquedos novos para crianças carentes vai ser realizado. A informação é de Claudinaldo Ferreira, mais conhecido como o palhaço Clau Clau, que acrescenta que a realização é da Ong Coek, com apoio da Brasil FM, Imagem Luminosos e Letreiros e jornal O Imparcial.
A campanha, que acontece até o dia 19 de dezembro, visa resgatar o espírito natalino. “O objetivo é fazer as pessoas pararem para dar importância a um sonho de uma criança de ganhar ao menos um simples brinquedo. Trazer um pouco de sorriso. “Por isso que criei ‘o faça uma criança feliz, doe um brinquedo’, conta Claudinaldo.
Questionado sobre fazer a campanha mesmo com a pandemia ele ressalta que essa ação do Natal ‘salva’. “A pandemia da Covid 19  pode matar, mas  por mais que seja grave, se as pessoas  se prevenirem tomando todos os cuidados necessários, como manter o distanciamento e fazendo a higienização das mãos, evitando os lugares de aglomeração fica mais difícil a contaminação. Creio que é mais difícil que enfrentar a pandemia é conseguir a doação de uma pessoa. Elas curtem os cartazes. Acham bonito o trabalho, se sensibilizam com o mesmo, mas não se sensibilizam em abrir o coração e doar um brinquedo. Digo isso por experiência, pois tenho amigos que nunca fizeram uma doação à essa campanha. Batem nas minhas costas, me abraçam, me beijam, mas nunca me doaram um brinquedo”.
Clau Clau, como também é conhecido, diz que enfrentar a pandemia e conseguir doações de brinquedos para s crianças tem dificuldades parecidas.  “Ambas têm o mesmo grau de  dificuldade, pois tem muita gente que não respeita as orientações para não ser infectada e no Natal Solidário, as pessoas tal qual na pandemia, não ouvem, não se sensibilizam com o pedido ‘Faça uma criança sorrir”. Mas ambos tem algo em comum: o amor, pois quando você ama você se previne, pois não pensa somente em você , mas sim nas pessoas e no Natal, a mesma coisa, ou seja, muitos não se sensibilizam e se esquecem dos outros”.
Ele pontua que o Natal Solidário acontecerá respeitando o distanciamento. “Iremos nos proteger sem deixar de levar o amor para as crianças que estão isoladas”, diz acrescentando que os brinquedos serão distribuídos, caso haja permissão, na  Santa Casa e na Gota de Leite, caso haja crianças internadas na época e  nos assentamento Bela Vista(1,2,3.4,5 e 6)  e na Toca do Clau Clau que fica localizada no Adalberto Roxo para as crianças que não receberam brinquedos no Natal dos Noéis que passaram anteriormente.
Ferreira explica que todos os brinquedos arrecadados serão higienizados e acondicionados em caixas também devidamente higienizadas. “Os monitores manterão distanciamento recomendado  na hora da entrega e estarão com luvas para manusear  os brinquedos  higienizados. Não haverá abraços para respeitar o distanciamento, sem deixar de desejar um feliz Natal. Estaremos em lugares abertos”.
Vale ressaltar que o Natal Solidário teve início em 1999.

Pontos de coleta

Cartão de Todos; Braslar;  Griletto; # Presentes e Cia; Mercado Brizolari, Unip, Gráfica Bolsoni; Coxinhas de Bueno; Alemão Gás (0800 7736665), Vanin Portões Automáticos, Lojas  Mega; Tecnomania; Shopping das Baterias; Casa do Sofá (16- 98218 0495);  Vrum-proteção veicular; Super Troca de óleo 16(lojas 1, 2 e 4)
Informações pelo 98183 0535 com Claudinaldo que se propõe a ir até os doadores buscar os brinquedos.