Moradores do Residencial dos Oitis colhem primeiros alimentos da horta comunitária

A horta do Residencial dos Oitis conta com o trabalho voluntário de dez moradores

33
Na manhã desta sexta-feira (2), o prefeito Edinho visitou a Horta Urbana Comunitária “Colhendo Dignidade” do Residencial dos Oitis, no Jardim Iguatemi, onde os moradores realizam sua primeira colheita. O trabalho no local foi iniciado em meados de julho, com a mobilização dos voluntários, assim como o preparo e cercamento do terreno, que contou com o apoio da Secretaria de Obras e do Daae.
“É um projeto muito importante, porque garante alimentos de qualidade para os moradores do residencial e ajuda na integração da comunidade, que participa do processo desde o plantio até a colheita dos hortifrutis”, explicou o prefeito.
O objetivo principal do programa de hortas comunitárias implantado por Edinho é garantir o acesso aos alimentos às pessoas integrantes dos projetos localizados em bairros com alto índice de vulnerabilidade social do município, além de ser um instrumento de integração social dos moradores dos bairros com os Cras e as unidades básicas de saúde.
No Residencial dos Oitis, que conta com o trabalho voluntário de dez moradores, a horta ocupa um espaço onde já havia algumas árvores e plantas frutíferas, o que possibilitou implantá-la no sistema integrado de agrofloresta, preservando o ambiente e com ganhos de produção.
O local conta agora com plantações de alface, couve, salsa, rabanete, almeirão, cebolinha, rúcula, orégano e hortelã, e também estão plantados cenoura, berinjela, brócolis, aboborinha, mandioca, acerola, manga, banana, batata doce, tomatinho cereja e acelga, entre outros alimentos.
“Essa é a segunda horta comunitária de Araraquara. A primeira foi implantada no Jardim São Rafael, ao lado do CEU das Artes, e também significa a utilização de espaços urbanos abandonados para a construção da cidadania, com segurança alimentar”, acrescentou Edinho, que em sua gestão criou programas sociais que atendem mais de 7,8 mil pessoas, com um impacto social de 30 mil pessoas.
“Parabéns a todos os moradores dos Oitis que participam desse projeto”, finalizou o prefeito, que visitou a horta acompanhado dos vereadores Édio Lopes (PT) e Paulo Landim (PT), além da gestora do programa de Hortas Urbanas Comunitárias, Enedina Andrade, entre outros integrantes do governo municipal.