Le papier, um toque de elegância para seu evento

197

Ariane Padovani

Quem já organizou ou está passando pela árdua missão de organizar um casamento, sabe como é difícil ter que tomar decisões sobre cada detalhe da realização do que, para muitos casais, é um sonho. E o convite, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é um dos itens mais importantes dos preparativos. Ele é a primeira impressão que os convidados terão do seu evento. O convite tem a missão de informar que a festa está prestes a começar e todo mundo fica curioso e na expectativa para saber como será o grande dia.

É exatamente isso que a calígrafa e proprietária da Le papier convites e caligrafia, Ana Carolina Mazieri, ressalta às noivas que a consultam. “O convite tem que ser bonito, tem que ser bem representado, porque é através dele que o seu convidado vai saber que roupa ele deve usar, que tipo de festa vai ser e ele vai dar um presente digno do convite. Então é muito importante”, afirmou Ana.

Educadora física por formação, Ana Carolina entrou no ramo de calígrafa por acaso, quando uma amiga pediu que ela escrevesse os nomes dos convidados do seu casamento nos envelopes, já que, há 10 anos, só havia quem fizesse esse trabalho em Ribeirão Preto. Ana, que na época era professora de pilates, pesquisou sobre as melhores tintas para a tarefa e, depois de praticar bastante fazendo a personalização para outras amigas que também quiseram seus convites diferenciados, começou a gostar de verdade do novo hobby.

A profissional, que sempre adorou escrever e desenhar, deixou as aulas de pilates de lado para se dedicar quase que exclusivamente ao ofício de calígrafa. Quando não está dando aulas de musicalização infantil, a professora de coral embarca em todas as ideias que suas clientes propõem. Hoje, além de elaborar as artes dos convites finos, Ana escreve mais de 80 fontes. “A caligrafia é um complemento do convite, que fica chique. Se você já definiu o convite do seu casamento, pode contratar o serviço de caligrafia”, garantiu.

Festas especiais

Os convites da Le papier são feitos em papel com gramatura mínima de 240, que é bem mais firme do que os que são geralmente usados em convites tradicionais, e a impressão é feita com tinta importada, em alto relevo. “O convite de papelaria fina tem todo um diferencial da papelaria artesanal”, salientou Ana Carolina.

Canecas personalizadas

Hoje a Le papier também trabalha com canecas de porcelana pintadas à mão que, em seguida, são levadas ao forno para a tinta derreter. É um mimo a mais para dar de presente junto com o convite ou de lembrança durante a festa.

Quadros Chalkbords

Sabe aqueles quadros negros com desenhos ou frases que geralmente são posicionados na recepção da cerimônia ou da festa do casamento? Eles chamam Chalkbords e dão um charme aos eventos. São feitos para informar e entreter. Ana Carolina, que desenha desde criança, se diverte criando os temas para os mais variados eventos. E o mais legal é que depois ele fica de recordação, já que a tinta é permanente.

Iniciais nos sapatos

Seja para homenagear o noivo ou chamar a atenção dos convidados, está em alta pintar as iniciais do casal nas solas dos sapatos da noiva. “É charmoso e divertido quando a noiva se ajoelha durante a cerimônia e revela a surpresa”, apontou a empresária.

Sorte para as solteiras

Hoje em dia não são apenas os buquês jogados pelas noivas que dão esperanças para as solteiras de que uma delas possa ser a próxima a se casar. A Le papier também confecciona a faixa da sorte. As amigas que estão à procura de um novo amor colocam os nomes na barra do vestido da noiva para ter sorte. Não custa tentar!

Ficou interessada nos serviços da Le papier? Entre em contato pelo telefone (16)3461-1389 ou pelo celular (16)98185-3335 e agende um horário. O endereço é Rua Itália, nº1762, no Centro.

 

Encontre a Le papier nas redes sociais
Facebook: Le papier convites e caligrafia
Instagram: @lepapierbr