Exposição ‘Dia do Nascituro’ encerra ‘Semana em Defesa pela Vida’

25

A data de 8 de outubro, o “Dia do Nascituro”, foi celebrada por meio de um Ato Ecumênico e uma exposição no saguão da Câmara Municipal de Araraquara, encerrando a “Semana em Defesa pela Vida”. As celebrações foram instituídas e incluídas no Calendário Oficial de Eventos do Município pela Lei nº 9.589, de 27 de maio de 2019, de autoria do vereador Elias Chediek (MDB).

“Nosso objetivo é alertar a sociedade quanto aos assassinatos, porque quando você tira um bebê, por menor que seja, é uma vida que você está ceifando, deixando de evoluir, e Deus nos deu a vida e ninguém tem o direito de tirar uma vida”, argumenta o parlamentar.

Pároco da Paróquia Santa Terezinha e coordenador diocesano da Pastoral Familiar, o padre Wallace Tomazini explicou que o nascituro é a criança que está aguardando para vir à luz. “Essa data nasceu com a Igreja Católica e nela celebramos a vida, lembrando nossa posição em defesa da vida, particularmente contra o aborto e projetos que visam a legalização do aborto, não reconhecendo a vida humana desde o início da concepção.”

“Defendemos a vida com toda garra e toda força. A família é a base da sociedade”, disse o pastor e vereador Lucas Grecco (PSB).

Também estiveram presentes os vereadores Tenente Santana (presidente da Casa de Leis – MDB), Edio Lopes (vice-presidente do Legislativo – PT), Delegado Elton Negrini (PSDB), Gerson da Farmácia (MDB), José Carlos Porsani (PSDB) e Roger Mendes (Progressistas).