Embraer sofre ataque cibernético

A companhia continua a operar com o uso de alguns sistemas em regime de contingência

64

A Embraer (EMBR3) sofreu um ataque cibernético nos seus sistemas de tecnologia da informação no último dia 25 de novembro. O fato relevante foi divulgado nessa segunda-feira (30). Segundo a empresa, o ataque indisponibilizou o acesso a apenas um ambiente de arquivos.

“Em razão do ocorrido, imediatamente a companhia iniciou os procedimentos de investigação e resposta ao evento, bem como procedeu proativamente ao isolamento de alguns de seus sistemas para proteção do ambiente, acarretando impacto temporário em algumas operações”, disse em comunicado.

Ainda segundo a Embraer, a companhia continua a operar com o uso de alguns sistemas em regime de contingência, sem impactos relevantes sobre suas atividades.

“A Embraer está empreendendo todos os seus esforços para investigar as circunstâncias do ataque, avaliar se existem impactos sobre seus negócios e terceiros, e determinar as medidas a serem tomadas”, informou a nota.