DENGUE: Araraquara com mais de 5,5 mil casos

38

 

Adriel Manente

Parece piada de 1º de abril mas não é. Segundo atualização dos dados oficiais feita pela Secretaria Municipal de Saúde, Araraquara tem 5.589 casos confirmados de dengue na cidade. 818 casos a mais que a última atualização, há 7 dias, que apontava 4.771 confirmações da doença. Além disso, outros 921 casos foram descartados. Ou seja, em 91 dias de 2019 até agora, temos pouco mais de 61 casos confirmados por dia. Com a diminuição da incidência da doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti prevista apenas para o segundo semestre, Araraquara caminha a passos largos para a quebra do recorde de 2015, quando a cidade registrou sua pior epidemia de dengue na história, com 9.784 casos. Naquele ano, mais de 9.600 casos foram relatados nos primeiros seis meses do ano, e apenas 93 nos últimos. Portanto, o que se espera é que a epidemia dê uma trégua a partir de junho.

Epidemia também atinge Rincão

Cidade com pouco mais de 10 mil habitantes, a cidade vizinha de Araraquara já registra 217 casos confirmados da doença e outros 98 em investigação. Segundo a Vigilância Sanitária de Rincão, cerca de 80 pacientes procuram por dia os serviços de atendimento de saúde desde que a cidade começou a elevar os índices. Segundo a Secretaria de Saúde da cidade, é bem possível que essa elevação dos números tenha a ver com a situação em Araraquara, tendo em vista que a maioria da população do município visita frequentemente a Morada do Sol. Por isso, é bem possível que uma pessoa picada pelo Aedes aegypti em Araraquara pode ser novamente picada por um mosquito saudável em Rincão. O inseto infectado vai então transmitir o vírus para outras pessoas na cidade e a doença se espalha rapidamente.