Concurso Miss Araraquara passa a ser oficial

175

Ariane Padovani

 

A estilista e assessora de eventos Andréia Valentini, de 40 anos, tornou-se a detentora da marca Miss Araraquara Oficial, após ser devidamente patenteada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). A paranaense, que reside há 15 anos em Araraquara e já é representante do Miss São Paulo Oficial Infanto-juvenil, estava desde o começo do ano trabalhando para conseguir o registro do concurso que, até então, era realizado na cidade de forma não oficial.

“Quando eu cheguei a Araraquara me procuraram para desenvolver os vestidos para o Miss Araraquara. No começo eu patrocinava as meninas que me pediam para ajudar, mas com o tempo foram surgindo algumas coisas que me fizeram parar de patrocinar o concurso. Eu fazia os vestidos para as meninas e também as orientava. Por sorte, todas as jovens para quem eu fazia os vestidos ganhavam. Teve uma vez que todas elas ganharam nas cinco categorias. Mas faz quatro anos que eu não quis mais que o meu nome tivesse ligação com o concurso”, contou Andréia.

O Miss Araraquara, que era organizado por outra coordenadora, agora conta com um registro e, por isso, as ganhadoras das futuras edições poderão participar do Miss São Paulo Oficial. “Tanto as ganhadoras do infanto-juvenil quanto do adulto, quando tudo voltar ao normal, vão poder participar do Miss São Paulo Oficial, porque agora o da nossa cidade tem um registro. Eu estou trabalhando nisso desde o começo do ano, é um processo demorado. Eu tenho a patente do meu nome, Andréia Valentini hoje é uma marca, tenho patente de duas licenças, essa já é a terceira patente. Na faculdade já ensinam que tudo o que você quer e faz tem que registrar”, relatou a estilista.

De acordo com Andréia, a partir de agora só existirá um Miss Araraquara Oficial na cidade. “A lei está do meu lado. Eu faço tudo na transparência e na legalidade e é isso o que eu quero propor para o Miss, transparência de notas, de patrocínios e premiações. Tudo isso tem dentro de um Miss legalizado, tem um padrão de qualidade. E não estou sozinha, estou formando uma equipe com psicólogo, nutricionista, estética, oratória, advogado, toda um grupo para trabalhar e atender essas meninas da melhor forma possível, porque miss hoje não é só beleza, a menina tem que saber se comportar, afinal ela vai representar a cidade. É um conjunto de coisas. Elas têm que saber ganhar tanto quanto têm que saber perder”, destacou.

A assessora de eventos ressalta que ganhar o Miss São Paulo ou o Miss Brasil nem sempre é garantia de portas abertas. “Eu tenho meninas que ganham e outras que não, que vão para o Miss São Paulo ou o Miss Brasil e não ganham nada, assim como tem aquelas que não ganham o concurso, mas são escolhidas para fazerem outros trabalhos, pois os jurados são de qualidade e de referência. Essas são também as oportunidades dos concursos, não é só ganhar o Miss, também pode seguir uma carreira. Essa é a importância de um bom júri, por isso já estou trabalhando nisso para o Miss Araraquara”, revelou Andréia.

Ainda segundo a estilista, as ganhadoras dos próximos concursos não terão seus trabalhos supervisionados por ela, como acontece com as misses atualmente. “Não existe um contrato para o Miss, isso é ilegal. Elas vão fazer uma ficha de inscrição e vão participar do concurso. Após a premiação elas continuarão comigo para serem orientadas para chegarem ao Miss São Paulo ou Miss Brasil, mas não existe um contrato do tipo que ela tenha que me pagar pelos trabalhos que fizer de modelo, por exemplo, não existe isso, ela é livre. É o meu dever colocá-las em evidência, as misses que ganharem nas cinco categorias é meu dever levá-las para a mídia, os eventos da cidade e de fora, mas se acontecer de elas fazerem uma propaganda são elas quem vão ganhar por isso, eu não tenho nada a ver. E quanto mais elas conseguirem ser vistas, melhor pra mim”, objetivou Andréia, que explicou o que pretende para as próximas edições do Miss. “Eu amo esse trabalho, por isso eu decidi fazê-lo. Ter a competência de conseguir fazer o melhor. Eu acho que Araraquara merece isso. É uma cidade linda e tem muito a oferecer. Eu já achei meninas maravilhosas aqui, já estou levando e agora com essa oportunidade vai aparecer muito mais. Eu vou abrir as notas das candidatas, o que não era feito até então, até para que elas saibam em qual quesito não foram bem e melhorarem no ano seguinte. Ela tem que saber aonde errou”, salientou.

 

Miss São Paulo Oficial

Em julho, por meio de nota divulgada, a Band anunciou que não exibirá mais os concursos Miss Brasil (que dá vaga ao Miss Universo) e Miss São Paulo. No texto, a emissora contou que sua parceria com a marca Polishop chegou ao fim, após cinco anos e, por conta disso, ambas não são mais responsáveis pela realização dos concursos estaduais ou nacional que tenham relação com a cadeia de concursos Miss Universo 2020.

“Estamos todos na expectativa para saber o que vai acontecer e ninguém sabe de nada. Podem continuar, porque a patente é da Band e eles podem passá-la para alguém dar continuidade, como também podem parar”, explicou Valentini.

 

Câmara Municipal

Andréia Valentini esteve na Câmara Municipal de Araraquara na segunda-feira (9) para se apresentar como detentora da marca Miss Araraquara Oficial ao vereador Tenente Santana (MDB), presidente da Casa de Leis. Também participaram do encontro os vereadores Elias Chediek (MDB) e José Carlos Porsani (PSDB).

“Eu fui apresentar o projeto do Miss e levar a documentação. Todos os órgãos da cidade agora sabem que eu sou legal e está tendo um apoio legal, porque as pessoas já conhecem o meu trabalho, eu não estou começando agora. É um trabalho que eu tenho muito orgulho de levar tanto como assessora quanto estilista. Quem conhece o meu trabalho sabe o que eu vou fazer e o esperar. Eu lido com sonhos. A criação de vestidos de noiva ou debutante é um sonho, eu fabrico sonhos, o Miss é uma continuidade”, narrou a estilista.

Santana desejou boa sorte à visitante. “Espero que tenha sucesso nessa nova empreitada e que consiga, com profissionalismo, levar o nome de Araraquara cada vez mais longe, nesse concurso que começa aqui e pode ganhar o mundo”.

 

Negociação

A data do próximo Miss Araraquara Oficial ainda está sendo negociada com a secretária de cultura Teresa Cristina Telarolli, mas Andréia já adiantou que ele não será realizado em 2019. “Esse ano é de preparação, de transição, tem a seletiva e eu não vou fazer nada correndo. “Para os pais que já estão me procurando, eu peço que tenham um pouco de calma, que logo vamos abrir as inscrições, vai ter seletiva e as meninas que passarem é que vão para o concurso. Logo eu vou passar todas as informações e regulamento na página. O pessoal também está assustado com a questão de valores e com o que está acontecendo, mas podem ficar tranquilos que logo vou disponibilizar tudo na página https://www.facebook.com/andreia.valentini.1”, frisou a estilista.